Divulgação
Divulgação

Saiba como os clubes selecionam as crianças que entram em campo com os jogadores

Costume surgiu em 1976 com sósias do goleiro Ortiz, do Atlético

Nathalia Larghi, especial para O Estado de S. Paulo

12 de outubro de 2015 | 07h00

Em 1976 as crianças já gostavam de imitar os ídolos do futebol. Se hoje os cortes de cabelo de Neymar e David Luiz fazem sucesso, no Atlético-MG dos anos de 1970 o goleiro Ortiz, com cabeleira longa enfeitada com uma faixa, era a inspiração. E foi dessa forma que os pequenos sósias do jogador motivaram o então diretor de relações públicas do clube mineiro, Ronan Ramos Oliveira, a colocar crianças parecidas com os atletas para entrar em campo com eles. Quase quarenta anos depois da ideia do dirigente, praticamente todos os clubes do Brasil adotam o costume de colocar pequenos torcedores para acompanhar os jogadores antes de a partida começar.

Mesmo já sendo uma tradição, muitas pessoas ainda têm dúvidas a respeito do tema. Quem são aquelas crianças e como elas são selecionadas são algumas das questões. O Estado ouviu 12 dos principais times do Brasil a respeito da organização de cada um deles para a seleção dos pequenos sortudos e reuniu as instruções. 

Corinthians

Para uma criança entrar em campo com os jogadores do alvinegro, os responsáveis precisam enviar o pedido para o e-mail ouvidoria@sccorinthians.com.br. O Departamento de Marketing do clube responde a mensagem com as instruções do que deve ser feito. As crianças precisam ter de três a 11 anos e devem estar vestidas com o uniforme do Corinthians. Uma parte das vagas é direcionada a parentes de dirigentes e jogadores do time.

Palmeiras

No caso do alviverde, a entrada de crianças no campo é um benefício do plano de sócio-torcedor Avanti. O pedido pode ser feito pelo site oficial do programa (www.avantipalmeiras.com.br). Após a solicitação, o clube entra em contato com os torcedores e fornece as instruções necessárias. Porém, as demais crianças também têm a chance de conhecer os ídolos através de uma ação da equipe "Torcedor Mirim", vinculada à Secretaria Geral do clube. Cinco membros da identificados da equipe se posicionam dentro do estádio nos pontos de acesso aos cinco setores do Allianz Parque (Gol Norte, Gol Sul, Central Oeste, Central Leste e Cadeira Superior) e selecionam crianças uniformizadas de até 11 anos para assistir ao aquecimento do gramado. Caso a criança e o acompanhante aceitem, o pequeno é credenciado e, uma hora antes do jogo, é levado ao hall de acesso ao vestiário e entra com os jogadores para o aquecimento. No total, cerca de 100 crianças participam da ação.

São Paulo

Depois de a CBF instituir que apenas 22 crianças podem acompanhar os jogadores em partidas do Brasileirão o tricolor paulista adotou o critério de selecionar apenas alunos das escolinhas licenciadas do São Paulo.

Santos

Assim como em outros clubes, a entrada de crianças com jogadores do alvinegro praiano é um benefício do programa de sócio-torcedores e dos atletas das escolinhas franqueadas. No caso dos sócios, a solicitação é feita pelo e-mail mascotes@santosfc.com.br, ao qual a equipe responsável responde com as instruções seguintes.

Botafogo

Os torcedores devem encaminhar um e-mail para o endereço mascote@botafogo.com.br na semana do jogo que tenham interesse. No e-mail deve constar o nome completo do responsável, nome completo e data de nascimento da criança e o telefone de contato. A mensagem será respondida com todas as informações necessárias, como a hora em que a criança deve chegar - normalmente 1h antes da partida -, em qual local deve ficar e por quem deve procurar. O pequeno torcedor deve trajar o uniforme do Botafogo, mas caso a camisa seja antiga e esteja estampada com a marca de algum patrocinador antigo, o clube providencia o uniforme da temporada. Os filhos de sócios do plano Manequinho têm prioridade.

Flamengo

No caso do Flamengo, a ação faz parte da promoção "Pequeno Rubro-Negro". O responsável pela criança deve ser sócio-torcedor ou sócio do clube. A inscrição na ação promocional pode ser feita pela internet, através de um link disponibilizado pelo Site Oficial da equipe e pelas redes sociais do plano Nação Rubro-Negra. Em caso de dúvidas, o torcedor pode entrar em contato com o SAC do programa pelo telefone (21) 3195-4009. Já para os sócios do clube, basta que seja enviada uma solicitação 72h antes do jogo para o e-mail acaomirim@flamengo.com.br informando o número de matrícula, nome do sócio que indica a criança, nome do responsável, nome do pequeno torcedor e a data do jogo de interesse. As crianças devem ter entre 5 e 11 anos e estar uniformizadas com camisa, bermuda e meião com os patrocinadores atuais.

Fluminense

O tricolor das laranjeiras pedem para que os responsáveis entrem em contato pelo e-mail mascotes@fluminense.com.br informando nome e idade da criança, nome e telefone do responsável e o jogo desejado. A partir daí, o departamento de marketing entra em contato com o torcedor explicando o que deve ser feito.  Algumas das exigências são as de que a criança deva chegar ao estádio uniformizada, com duas horas e meia de antecedência e procure pela equipe do "Mascotes", localizada no Portão 2 do Maracanã. É importante lembrar que existem listas de espera de acordo com a partida.

Vasco

O Vasco seleciona as crianças no dia da partida. Ao chegar aos portões de acesso ao estádio, os pais devem procurar por algum funcionário do clube que esteja identificado com o colete do Vasco e fazer o pedido. Caso ainda haja vaga, um responsável pela ação irá buscar e credenciar a criança para participar. O pequeno torcedor deve estar com uniforme completo e ter entre 5 e 11 anos.

Atlético-MG

No campeonato Mineiro o número de crianças é ilimitado, por isso o Departamento de Marketing do Galo reúne crianças em portões específicos - que são anunciados anteriormente no site - e as colocam para entrar em campo com os jogadores. Já no Campeonato Brasileiro, a ação virou um benefício do programa de sócio-torcedor, na qual o atleticano troca seus pontos acumulados pela entrada em campo. As regras são explicadas no site oficial do clube.

Cruzeiro

O esquema do Cruzeiro é semelhante ao do rival Atlético-MG. A entrada em campo é um benefício do Sócio do Futebol. Antes de cada jogo, o Cruzeiro coloca as vagas à disposição para o resgate no site oficial da equipe. O sócio que resgatar deve enviar um e-mail para sociodofutebol@clube.cruzeiro.com.br com os dados, contatos e setor da criança. O clube responderá ao e-mail com as instruções, que incluem chegar 2h antes do jogo ao estádio e estar uniformizada com short e meia azul ou branca e camisa oficial do Cruzeiro.

Grêmio

As inscrições no Grêmio são feitas somente pelo telefone (51) 3219-3641, com prazo de início dois dias úteis antes da partida, até o preenchimento das 22 vagas. Serão disponibilizadas 14 vagas para sócios infantis (com responsável sendo sócio) e oito para demais torcedores. A idade permitida é entre cinco e 11 anos.

Internacional

A entrada de crianças com os jogadores no Internacional é parte do projeto "Criança Colorada", coordenado pelo professor Otávio Rojas, que tem a intenção de levar os pequenos torcedores ao estádio. Os interessados em participar devem fazer o agendamento pelo e-mail orojas@internacional.com.br. A partir daí, são selecionadas até 120 crianças, que ganham lanche e brindes e acompanham a partida juntas e monitoradas por 15 voluntários do projeto. Desses 120 pequenos torcedores, 22 são sorteados para entrar a campo ao lado dos ídolos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.