Sakho, do Liverpool, diz que se sentia 'leão enjaulado' sob comando de Rodgers

O zagueiro do Liverpool Mamadou Sakho disse que se sentia como um "leão enjaulado" quando foi deixado no banco pelo ex-técnico Brendan Rodgers, de acordo com o jornal ao L'Equipe.

REUTERS

07 de outubro de 2015 | 12h02

O jogador, de 25 anos, fez sua estreia na temporada contra o Bordeaux na Liga Europa em 17 de setembro e não escondeu a frustração por perder os cinco primeiros jogos do Liverpool.

"Vamos dizer que durante esse pequeno período em que não estava jogando me senti como um leão enjaulado que não é alimentado por um tempo", disse ao L'Equipe.

"(Como um leão enjaulado) quando você abre a porta, ele ataca", acrescentou.

A agressividade de Sakho era evidente na partida de domingo contra o Everton, na qual o ex-zagueiro do Paris Saint-Germain recebeu o cartão amarelo nos acréscimos por discussões como Lukaku.

O Liverpool, pentacampeão europeu, está em 10º lugar na Liga Inglesa, tendo conquistado 12 pontos em oito jogos.

(Reportagem de Shravanth Vijayakumar)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTINGLESSAKHOLEAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.