Kirsty Wigglesworth/AP
Kirsty Wigglesworth/AP

Salah faz gol histórico pelo Liverpool e ajuda equipe a vencer o Brighton pelo Campeonato Inglês

De pênalti, craque egípcio assina o gol de número 2000 dos Reds na história da Premier League, que começou a ser disputada em 1992/1993

Redação, Estadão Conteúdo

12 de março de 2022 | 11h53

Acostumado a não deixar passar oportunidades de protagonizar momentos históricos no Liverpool, Mohamed Salah aproveitou bem a chance que teve neste sábado. O egípcio pegou a bola para bater um pênalti contra o Brighton, sabendo que, se acertasse, seria o gol 2000 da equipe na história da Premier League. Então, uma batida firme no meio garantiu a marca e deu números finais à vitória por 2 a 0 no Estádio Folmer, em jogo que abriu a 29ª rodada da liga inglesa.

O time comandado por Jürgen Klopp é apenas o segundo a marcar 2000 mil gols na era da Premiere League, iniciada na temporada 1992/1993. Até então, o Manchester United, que alcançou a marca em outubro de 2019, era o único a ostentar o feito. Além de ampliar os números de seu clube, Salah também celebrou o 20º gol na atual edição do Campeonato Inglês, soma alcançada por ele pela quarta vez em cinco temporadas.

Agora com 66 pontos e oito vitórias seguidas na liga nacional, a equipe de Anfield Road coloca pressão no líder Manchester City, que tem 69 pontos e joga contra o Arsenal no domingo. O Brighton, por sua vez, fica em 13º lugar, com 33 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Newcastle. 

Após avançar na Liga das Campeões, mesmo com derrota para a Inter de Milão no meio da semana, o Liverpool teve dificuldades neste sábado. Os jogadores se depararam com um Brighton bem organizado dentro de campo, envolvente na troca de passes e eficiente na criação de jogadas no campo de ataque. Aos poucos, o time visitante conseguiu encaixar a marcação e também encontrou espaços lá na frente, até tirar o zero do placar com Luis Díaz, de cabeça após lançamento de Matip, aos 18 minutos

O gol do colombiano foi o número 1999 do Liverpool na Premier League, por isso o próximo jogador dos Reds que balançasse a rede entraria para história como autor do gol 2000, que saiu no segundo tempo, de pés que merecem muito tal glória. Tudo começou com um pênalti sofrido por Mané. 

Salah assumiu a responsabilidade da cobrança e converteu, ao bater firme no meio, aos 15 minutos, para fazer o gol histórico. Alguns minutos depois, o egípcio precisou ser substituído por suspeita de lesão, o que preocupou os torcedores. Sem ele em campo, o Liverpool até teve chances, mas não voltou a marcar. 

O próximo jogo do Liverpool será contra o Arsenal, na próxima quarta-feira, em jogo atrasado da 27ª rodada. No mesmo dia, o Brighton repõe jogo da 16ª rodada contra o Tottenham.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.