Paulo Whitaker|Reuters
Paulo Whitaker|Reuters

Salário alto adia acerto entre Corinthians e Lucca

Diretoria já havia definido a compra dos direitos econômicos com Criciúma e Cruzeiro

VÍTOR MARQUES, O ESTADO DE S.PAULO

07 de abril de 2016 | 19h50

O Corinthians acertou a compra do atacante Lucca com o Criciúma e com o Cruzeiro, os dois clubes que detém os direitos econômicos do atleta, mas agora vive um impasse com o próprio jogador. O problema é o salário, considerado alto pelo clube. Dirigentes devem se reunir com empresário do atleta para renegociar os valores. A ideia é que até a próxima semana as partes cheguem a um acordo.

O Corinthians já havia concordado em pagar R$ 4,5 milhões por 50% dos direitos econômicos do jogador, que tem contrato de empréstimo até maio. Na renovação, o vínculo do atleta pode ser ampliado para 4 ou ainda 5 anos. Lucca tem 26 anos e chegou ao Alvinegro no ano passado, durante a disputa do Brasileirão.

Só neste ano, com a saída de vários titulares, ele ganhou espaço no time e aproveitou sua chance. Titular absoluto do Corinthians, Lucca atuou em 17 dos 19 jogos da equipe nesta temporada. Tite já deu seu aval aos dirigentes e sugeriu a compra do atleta.

MAIS REFORÇOS

A diretoria do Corintihans ainda quer contratar mais dois jogadores para próxima fase da Libertadores. A posição considerada mais carente é a de centrovante. A análise é a de que o elenco precisa de outro jogador para a posição,  além de André, que vive 'seca' de gols. Uma possível saída de Elias no meio do ano também já faz o clube pensar em contratar outro segundo volante.

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.