Salgueiro está sem receitas e ameaça abandonar a Série C

Apesar do bom início e de estar na quarta colocação do Grupo A, o Salgueiro corre o risco de abandonar a Série C do Brasileiro no meio do campeonato. A informação foi confirmada nesta terça-feira pelo presidente Clebel Cordeiro, que cobrou uma maior ajuda do Governo de Pernambuco e também da Federação Pernambucana de Futebol (FPF).

Estadão Conteúdo

30 de junho de 2015 | 20h06

A principal preocupação da diretoria do Carcará é por conta do fim do "Todos Com a Nota", programa que permitia a troca de notas fiscais por ingressos no Estado. Depois da decisão tomada pelo governador Paulo Câmara (PSB), a presença de público no estádio Cornélio de Barros caiu drasticamente - contra o Águia, de Marabá (PA), foram 1.026 pessoas e diante do Fortaleza foram 1.497.

"O Salgueiro era forte em casa porque tinha torcedor em campo. O governador errou quando acabou com o Todos com a Nota. Os grandes de Recife não precisam, mas os times do interior sim. Se não houver nenhuma ajuda por parte do Governo e da federação, o Salgueiro vai abandonar o campeonato", ameaçou Clebel Cordeiro, se vendo sem recursos para manter seu elenco.

O Salgueiro está na quarta colocação do Grupo A, com oito pontos. O time volta a campo no próximo sábado, contra o Cuiabá (MT), às 19 horas, na Arena Pantanal, pela sexta rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie CSalgueiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.