Salvador entra na disputa para abrir Copa de 2014

Baianos prometem ampliar o projeto do novo Estádio da Fonte Nova para 65 mil lugares

REUTERS

15 de setembro de 2010 | 19h40

RIO - A cidade de Salvador entrou na disputa com Brasília e São Paulo para sediar a abertura da Copa do Mundo 2014, segundo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Veja também:

linkTeixeira 'inaugura' obra no Rio que visa a Copa 2014

O presidente da entidade, Ricardo Teixeira, afirmou nesta quarta-feira que recebeu do comitê organizador local uma proposta para ser o palco do jogo inaugural da Copa.

Brasília é uma das postulantes desde a escolha do Brasil para sediar o Mundial bem como a cidade de São Paulo, que teve o estádio do Morumbi vetado para a Copa e recentemente definiu o novo estádio do Corinthians para a competição.

"Recebi um documento deles (Bahia) e mandei para o comitê organizador para analisar. Disseram que vão elevar a capacidade para 65.000 lugares. Toda a estrutura a Bahia tem", disse Teixeira a jornalistas.

"Todos aqueles que fizerem o trabalho para o jogo de abertura tem que postular. É um direito de todos", acrescentou o presidente da CBF e do comitê organizador da Copa.

O Corinthians vai construir a sua arena no bairro de Itaquera, zona leste da cidade. O projeto inicial do estádio não permitiria abrigar a abertura do Mundial, mas já há estudos para ampliar a capacidade para 66.000 pessoas, viabilizando jogos de maior porte, como a abertura da Copa.

O presidente da CBF afirmou que a escolha da abertura vai obedecer a critérios técnicos e que não haverá influência política. "O que eu sei é que não tem nada implícito que a abertura tem que ser na capital federal do país", afirmou ele ao se referir ao pleito de Brasília.

A previsão é que o estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, seja o palco da final da Copa do Mundo de 2014.

A CBF vai montar uma central de controle dentro do comitê organizador para monitorar as obras de acordo com as normas da Fifa para o Mundial. "As coisas já estão começando, agora", disse Teixeira sobre as obras nos estádios das cidades-sede.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa 2014CBFSalvador

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.