Divulgação/Sampaio Corrêa
Divulgação/Sampaio Corrêa

Sampaio Corrêa recebe o Palmeiras com expectativa de encher os cofres

Clube maranhense mira arrecadar valor elevado com bilheteria em jogo da Copa do Brasil

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2019 | 04h30

A dificuldade de enfrentar o atual campeão brasileiro com seu elenco badalado faz o Sampaio Corrêa ter como uma das suas principais expectativas para a Copa do Brasil lucrar com bilheteria. A expectativa do clube de São Luís é poder arrecadar com o jogo diante do Palmeiras o suficiente para cobrir mais de um mês da folha de pagamento, que é de cerca de R$ 450 mil.

Os preços das entradas variam de R$ 30 a R$ 90. A diretoria espera ter casa cheia e contar com a presença de 40 mil torcedores. Se passar pelo Palmeiras é uma missão difícil, pelo menos sua presença nas oitavas de final já ajudou bastante o clube. A CBF paga de premiação R$ 2,5 milhões para quem disputa esta fase da competição.

"Sabemos a força que a torcida do Sampaio tem quando comparece em peso ao Castelão. Contamos com esse apoio, porque será um jogo muito difícil, e o Castelão lotado nos dará um combustível a mais", pediu o volante e capitão Diones.

O time vem de um rebaixamento da Série B para a Série C, além de ter ficado fora da final do Estadual e ter sido eliminado ainda na primeira fase da Copa do Nordeste. Um alento é ter começado bem na Série C, com duas vitórias e dois empates nas quatro primeiras rodadas.

Nas Copas do Brasil de 2014 e 2015, o time também enfrentou o Palmeiras. Presente nesses confrontos, o meia Cleitinho sonha com uma zebra. "O Sampaio também é grande, e se torna ainda mais forte quando o torcedor joga junto", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.