Sampaio Corrêa vacila no ataque e apenas empata com o Náutico

Equipe maranhense sofre empate aos 22 minutos da segunda etapa, após perder grandes chances para matar a partida

Estadão Conteúdo

18 de outubro de 2014 | 18h24

Em um verdadeiro show de gols desperdiçados, o Sampaio Corrêa acabou vacilando e apenas empatou por 1 a 1 com o Náutico, na tarde deste sábado, no Estádio Castelão, em São Luís (MA), pela 30.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O goleiro do Náutico, Júlio César, acabou sendo o grande destaque do jogo, de tantos gols perdidos pelo time da casa.

Com o resultado, o Sampaio Corrêa segue atrás do Náutico. O time maranhense é o nono colocado, com 44 pontos, e o pernambucano é o sexto, com 45.

Com a torcida comparecendo em peso ao Castelão, o Sampaio Corrêa conseguiu impor uma grande pressão sobre o adversário desde o primeiro minuto. Assim, o Náutico se contentou em apenas se defender na primeira etapa.

O primeiro gol saiu aos 13 minutos. Em cobrança de escanteio, a bola quicou dentro da área e ficou em boas condições para o zagueiro Mimica mergulhar e, sozinho, abrir de cabeça a contagem para o Sampaio Corrêa. Mesmo na frente do placar, o time maranhense continuou melhor e dando trabalho ao clube pernambucano.

No segundo tempo, os dois times apimentaram ainda mais a partida. O Sampaio Corrêa manteve o ritmo forte, mas o Náutico conseguiu igualar na vontade. Entretanto, Júlio César salvou o Náutico, pelo menos em três oportunidades, de sofrer mais gols.

De tanto perder gols, o time mandante acabou castigado. Aos 22 minutos, o meia Paulinho, do Náutico, acertou um chute forte de fora da área e acertou o ângulo, empatando a partida.

Pela 31.ª rodada, os dois times voltam a campo na terça-feira. Enquanto o Sampaio Corrêa recebe o Bragantino, novamente no Castelão, em São Luís, às 19h30, o Náutico vai até Varginha para enfrentar o Boa, às 21h50, no Estádio do Melão.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA 1 X 1 NÁUTICO

SAMPAIO CORRÊA - Rodrigo Ramos; Tote, Mimica, Edimar e Gilton Ribeiro; Jonas, Uillian Correia, Marino (Cleitinho) e Cascata (Márcio Diogo); William Paulista (Siloé) e Pimentinha. Técnico: Jorge Lorenzi.

NÁUTICO - Júlio César; Neílson, Renato Chaves, William Alves e Raí; João Ananias, Paulinho e Vinícius (Cañete); Sassá, Bruno Furlan (Marcos Vinícius) e Crislan (Marinho). Técnico: Dado Cavalcanti.

GOLS - Mimica, aos 13 minutos do primeiro tempo; Paulinho, aos 22 do segundo.

ÁRBITRO - Edivaldo Elias da Silva (PR).

CARTÕES AMARELOS - Jonas e Mimica (Sampaio Corrêa); Cañete, Crislan e Sassá (Náutico).

RENDA - R$ 209.045,00.

PÚBLICO - 17.515 presentes.

LOCAL - Estádio Castelão, em São Luís (MA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.