Sampaio derrota Fluminense por 2 a 1

O Fluminense atuou mal e foi derrotado pelo Sampaio Corrêa, por 2 a 1, em sua estréia na Copa do Brasil, nesta quarta-feira à noite, em São Luís. A equipe carioca sentiu o cansaço da maratona de jogos e viagens e não conseguiu repetir seus últimos bons desempenhos. Desde o início do primeiro tempo, o Fluminense não conseguiu se organizar em campo e permitiu o domínio do Sampaio Corrêa. Sem muita objetividade em seus ataques, o primeiro gol da equipe maranhense aconteceu aos 35 minutos com o atacante Gílson, que aproveitou um rebote do goleiro Murilo, na pequena área. Apesar de o Tricolor ter criado poucas jogadas ofensivas, por duas vezes, o goleiro Alexandre salvou a equipe maranhense. Aos 38 minutos, o meia Roger cobrou uma falta, Alexandre fez bela defesa e ainda pegou um chute do zagueiro César, que aproveitou o rebote. Em seguida, ele defendeu uma bola cabeceada pelo atacante Caio e um chute do também atacante Magno Alves. O Tricolor voltou para o segundo tempo cometendo os mesmos erros da primeira etapa. Os jogadores do Fluminense estavam apáticos no campo e não suportaram a pressão do Sampaio Corrêa, que chegou ao seu segundo gol aos 15 minutos. O meia Rogerinho arriscou um chute da intermediária, o goleiro Murilo falhou e permitiu o aumento da vantagem no marcador. Apesar da desvantagem no placar, o Fluminense ainda esboçou uma reação e marcou seu primeiro gol aos 36 minutos, com o atacante Marco Brito, que havia substituído Magno Alves. Dois minutos depois, Roger desperdiçou a oportunidade de empatar o confronto ao cobrar por cima do gol um pênalti sofrido pelo atacante Roni. Na próxima quarta-feira acontece o jogo de volta e o placar por 1 a 0 favorece a equipe carioca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.