Marco Bertorello/AFP Photo
Marco Bertorello/AFP Photo

Sampaoli chama Argentina sem Dybala e Icardi para amistosos com Itália e Espanha

Técnico garante que dupla ainda pode ter chance na lista da Copa do Mundo

Estadão Conteúdo

01 Março 2018 | 14h38

O técnico Jorge Sampaoli definiu nesta quinta-feira os 22 jogadores do exterior que representarão a Argentina nos amistosos diante da Espanha e da Itália, no fim do mês. A lista ainda será completada com nomes que atuam no futebol do país e teve como principais destaques duas ausências: dos atacantes Mauro Icardi e Paulo Dybala.

+ Após cirurgia, Neymar ficará até 3 meses parado e voltará em cima da Copa

+ Rivaldo posta foto com Roberto Carlos e Ronaldo e diz ter saudades; veja

Icardi e Dybala estão entre os principais nomes do futebol italiano, com as camisas da Inter de Milão e da Juventus, respectivamente. O primeiro tem trajetória irregular na seleção e foi preterido por diversos técnicos que passaram pelo comando do país, enquanto o segundo vinha sendo chamado normalmente, mas vem de lesão.

A ausência nesta lista, no entanto, não significa que eles não estarão na Copa do Mundo da Rússia, como explicou o próprio Sampaoli. "Dybala, Gómez e Icardi são jogadores que conhecemos muito bem. Queremos ver outros para seguir comparando. Estas duas partidas não serão definidoras para ninguém", garantiu, citando também Alejandro Gómez, da Atalanta, outro desfalque na lista.

Sem Dybala e Icardi, Sampaoli surpreendeu ao chamar outro atacante do futebol italiano: Diego Perotti, da Roma. Quem também pode ser considerado uma surpresa na lista é o zagueiro Funes Mori, do Everton, que vinha ficando de fora das convocações e parecia ter perdido espaço.

Mas é mesmo no ataque que estão as principais dúvidas de Sampaoli para a Copa, tamanho o número de peças disponíveis. O treinador deverá chamar pelo menos um jogador do futebol argentino para o setor nos amistosos, e três nomes estão na briga. Lautaro Martínez, do Racing, Cristian Pavón e Carlitos Tevez, do Boca Juniors.

"Se for necessário por seu momento atual, Tevez será avaliado, como muitos jogadores. Pavón é um jogador que está em nosso processo e nos parece importante por nossa maneira de ver o jogo. E Lautaro Martínez é um nome que estamos seguindo há muito tempo. Sua atualidade permite que analisemos uma possível convocação", comentou.

Sampaoli revelou que tem "80% da lista para a Copa do Mundo" definida. Sobre as posições em que ainda tem dúvidas, além do ataque, o treinador citou a lateral-direita e o meio de campo, comentando um nome em especial. "Vi o Fernando Gago treinar. É um jogador muito respeitado e com entusiasmo. Seguramente, vou analisá-lo."

Sobre a chance de mudanças no gol, muito se falou na Argentina sobre uma possível convocação de Franco Armani, do River Plate, mas Sampaoli indicou que deve mesmo fechar a lista com os três nomes atuais: Sergio Romero, Nahuel Guzmán e Willy Caballero. "Avaliamos bastante o tema dos goleiros. Creio que buscar alguém agora, faltando tão pouco tempo, é difícil", resumiu.

A Argentina encara a Itália no dia 23 de março, em Manchester, no Etihad Stadium. Quatro dias mais tarde, encara a Espanha no Estádio Wanda Metropolitano, em Madri.

Confira a lista de convocados da seleção argentina:

Goleiros: Sergio Romero (Manchester United), Nahuel Guzmán (Tigres-MEX) e Willy Caballero (Manchester City).

Defensores: Federico Fazio (Roma), Ramiro Funes Mori (Everton), Marcos Rojo (Manchester United), Gabriel Mercado (Sevilla), Nicolás Tagliafico (Ajax) e Nicolás Otamendi (Manchester City).

Meio-campistas: Leandro Paredes (Zenit), Javier Mascherano (Hebei Fortune-CHN), Ever Banega (Sevilla), Giovani Lo Celso (Paris Saint-Germain), Manuel Lanzini (West Ham), Marcos Acuña (Sporting), Lucas Biglia (Milan), Angel Di María (Paris Saint-Germain) e Eduardo Salvio (Benfica).

Atacantes: Lionel Messi (Barcelona), Sergio Agüero (Manchester City), Diego Perotti (Roma) e Gonzalo Higuaín (Juventus).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.