Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Sampaoli destaca momento do Santos e evita comparar seu time com o do Grêmio

Técnico comemora chegada à vice-liderança, elogia elenco e minimiza comentários sobre seleção brasileira

Redação, Estadão Conteúdo

12 de maio de 2019 | 19h02

Após a boa vitória de 3 a 0 sobre o Vasco em jogo da quarta rodada do Campeonato Brasileiro neste domingo, o técnico Jorge Sampaoli destacou na coletiva pós-jogo a evolução do Santos na competição e comentou a boa fase que o time vem atravessando nas últimas partidas sem definir o time como o dono do melhor futebol praticado hoje no Brasil.

"Entendo que estamos passando um bom momento futebolístico. Mantemos uma forma. Há muitas equipes boas", falou Sampaoli, quando questionado sobre as afirmações de Renato Gaúcho de que o Grêmio é o melhor time brasileiro na atualidade. "É um orgulho para mim que uma equipe tão tradicional quanto o Santos esteja brigando no topo da tabela", desconversou o argentino ao evitar a comparação do seu time com a equipe do Sul.

Sampaoli também destacou a evolução do volante Diego Pituca, que marcou o primeiro gol da vitória do Santos neste domingo e que voltou a se encontrar sob o comando do argentino. "Pituca vem num crescimento muito grande, está passando um bom momento e estamos muitos felizes com isso", elogiou.

Perguntado sobre o clássico contra o Palmeiras no próximo sábado, Sampaoli fez questão de destacar o confronto com o Atlético-MG pela Copa do Brasil no meio da semana antes de focar esforços contra o rival paulista. "O Palmeiras tem um elenco muito forte, com um ano de trabalho com o mesmo técnico. Mas primeiro vamos planejar o jogo contra o Atlético-MG", projetou.

Respondendo a uma questão sobre a possibilidade de se tornar técnico da seleção brasileira, Sampaoli desconversou dizendo que isso é um exagero e destacou que está focado em melhorar o jovem time do Santos. "Estou tentando aprender um monte de coisas todos os dias, de ver como posso melhorar uma equipe tão jovem como a do Santos. Todos os elogios são pelo momento da equipe. Se a equipe não estiver bem, isso muda. Agora é desfrutar. Um orgulho uma equipe com tanta história estar entre os dois primeiros."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.