Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Sampaoli exalta atuação do Santos em clássico e se diz 'feliz onde está'

Técnico adota tom mais calmo, após fazer críticas pela falta de contratações

Redação, Estadao Conteudo

27 Janeiro 2019 | 22h10

Após conquistar a terceira vitória em três jogos à frente do Santos no Campeonato Paulista, o técnico Jorge Sampaoli adotou um tom mais tranquilo em comparação ao de jogos recentes ao comentar a situação do clube. Embora siga exigindo a chegada de reforços, ele garantiu estar satisfeito à frente do time.

"Estou feliz onde estou, no clube que escolhi. Trato de ajudar a instituição e respeitar quem não tem muito dinheiro e junta para ver o Santos como hoje. Teremos momentos difíceis e seguiremos lutando", afirmou o treinador em entrevista coletiva após o triunfo por 2 a 0 sobre o São Paulo, no Pacaembu.

Em entrevistas anteriores, Sampaoli não escondeu a insatisfação com a demora da diretoria do Santos para fechar contratações, além de ter reclamado da perda de jogadores importantes, como o atacante Bruno Henrique.

Dentro de campo, porém, o Santos tem respondido bem, com nove pontos somados e na liderança do seu grupo no Paulistão. O treinador também se disse satisfeito com a atuação do time diante do São Paulo.

"Jogamos uma partida muito inteligente, contra um rival que tem uma grande quantidade de jogadores valiosos. Propomos desde o começo, com a busca dos espaços que nos davam", avaliou o treinador argentino.

Sampaoli foi mais cauteloso ao comentar quais são as possibilidade do Santos para a sequência da temporada 2019. "Temos ponto de partida, mas não de chegada. A vitória obriga a equipe a seguir crescendo. O próximo jogo será ainda mais complicado. O meio impede de relaxar", comentou.

O Santos voltará a jogar na quinta-feira, quando vai visitar o Bragantino, pela quarta rodada do Paulistão.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.