Icaro Limaverde/Estadão Conteúdo
Icaro Limaverde/Estadão Conteúdo

Sampaoli ignora pedido e convoca Valdivia para jogos da seleção chilena

Meia ainda não atuou pelo Palmeiras na temporada

Estadão Conteúdo

16 Março 2015 | 15h09

(atualizada às 15h35)

O técnico Jorge Sampaoli incluiu o meia Valdivia na lista de convocados para os dois próximos amistosos do Chile, um deles contra a seleção brasileira, no dia 29 deste mês. O jogador do Palmeiras se recupera de lesão e ainda não entrou em campo com a camisa do time paulista neste ano.

Valdivia foi chamado mesmo sem apresentar condições físicas. Ele não entra em campo desde a última partida do Palmeiras no Brasileirão do ano passado, em dezembro. Em tratamento, ele teria pedido à federação chilena para ser dispensado, conforme revelou o técnico do Palmeiras, Oswaldo de Oliveira, no domingo. O meia disse para a comissão técnica de sua seleção que precisava ficar no Brasil para finalizar seu tratamento, mas não conseguiu convencer Sampaoli.

"O Valdivia pediu para o clube, junto à federação chilena, interceder para que ele não vá para lá, pois não está admitindo jogar antes lá do que no Palmeiras. Achei muito bacana da parte dele", disse Oswaldo.

O jogo contra o Irã será disputado na Áustria, no dia 26. O duelo com o Brasil está marcado o dia 29, em Londres, na Inglaterra. Assim, o Mago não poderá enfrentar o São Paulo, dia 25, no Allianz Parque, e também será desfalque contra o Red Bull, dia 29, em Campinas.

Além de Valdivia, foram chamados o lateral Mena e o volante Aránguiz, que atuam no futebol brasileiro. Com a convocação para os amistosos - o outro será contra o Irã, no dia 26 -, o meio-campista vai desfalcar o Internacional em ao menos duas partidas do Campeonato Gaúcho, contra o Avenida e o União Frederiquense. Mena será baixa em apenas um jogo do Cruzeiro, contra o URT, no dia 29, em rodada do Campeonato Mineiro.

Ao todo, Sampaoli chamou apenas 20 jogadores. Todos atuam fora do Chile. A lista deve ser complementada nos próximos dias com um substituto para Valdivia e com ao menos um goleiro, porque o técnico chamou apenas Bravo, do Barcelona, para os dois amistosos.

Confira a lista de convocados da seleção chilena:

Goleiros: Claudio Bravo (Barcelona);

Defensores: Mena (Cruzeiro), Isla (Queens Park Rangers), Jara (Mainz), Albornoz (Hannover), Medel (Inter de Milão), Roco (Elche) e Lichnovsky (Porto);

Meio-campistas: Carmona (Atalanta), Vidal (Juventus), Aránguiz (Internacional), Pizarro e Matías Fernández (Fiorentina), Millar (Atlas) e Valdivia (Palmeiras);

Atacantes: Alexis Sánchez (Arsenal), Vargas (Queens Park Rangers), Pedro Pablo Hernández e Orellana (Celta) e Fuenzalida (Boca Juniors).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.