Daniel Teixeira/ Estadão
Daniel Teixeira/ Estadão

Jorge Sampaoli promete Chile bastante ofensivo diante do Uruguai

Técnico garante que donos da casa vão se impor pelas semifinais

Estadão Conteúdo

23 de junho de 2015 | 18h13

Jogando a Copa América em casa e com chances reais de conquistar o título, o Chile não quer deixar escapar a oportunidade. Nesta quarta-feira, abre as quartas de final da competição contra o Uruguai, um rival de estilo muito diferente. Se os chilenos jogam para o ataque, tocando a bola, os uruguaios gostam da partida cadenciada, de pouca movimentação.

O técnico Jorge Sampaoli sabe que o Chile não pode cair na armadilha imposta pelo Uruguai. "Temos que jogar a partida que mais nos convém, pensando no ataque, e não no combate. Porque nossos adversários é que serão favorecidos. Hoje, o melhor para o Chile é o jogo", disse o treinador, nesta terça-feira, em entrevista coletiva.

Para ele, a partida desta quarta será "uma final". "Será muito complicada. Jogaremos contra uma equipe que conhece esses momentos. O grupo está bem e preparado para enfrentar tudo que vier amanhã. Estamos trabalhando tudo que podemos." O Uruguai é o atual campeão da Copa America, enquanto o Chile não vai à semifinal desde 1999.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.