afp
afp

Sampaoli quer encerrar domínio de Barça e Real com o Sevilla: 'Vamos nos rebelar'

'Queremos estar entre as melhores equipes do mundo,' afirma o técnico

Estadão Conteúdo

25 de dezembro de 2016 | 14h25

O técnico Jorge Sampaoli ficou conhecido pela audácia em seus trabalhos, e no Sevilla não pretende fazer diferente. Após somente seis meses no futebol europeu, já sonha em terminar com a hegemonia dos dois maiores gigantes espanhóis, Real Madrid e Barcelona, no país. E garante que sabe a receita para isso.

"A ideia é mudar as coisas que estão previstas ou definidas, como o Campeonato Espanhol, que tem sempre a mesma estrutura, assim como a Liga dos Campeões. Queremos estar entre as melhores equipes do mundo, vamos nos rebelar contra este realidade", prometeu.

Ao menos neste início de trabalho, Sampaoli tem conseguido incomodar os gigantes. No Campeonato Espanhol, é o terceiro colocado com 33 pontos, quatro atrás de Real Madrid e um atrás do Barcelona. Na Liga dos Campeões, o time espanhol classificou-se para as oitavas de final, na qual vai encarar o Leicester.

Sem medo de se comprometer, Sampaoli garantiu que o Sevilla vai lutar pelo título de ambas as competições. "A gente vai lutar por tudo que jogarmos. O Sevilla vai lutar por todos os títulos, não sei se vai conquistá-los, mas sim, vai lutar por eles", garantiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.