Marco Bertorello/AFP
Marco Bertorello/AFP

Sampdoria bate inconstante Internazionale e fica mais longe da degola na Itália

Derrota por 1 a 0 deixa Inter na 11ª colocação do Italiano

Estadão Conteúdo

30 Outubro 2016 | 19h52

Em um jogo equilibrado, com poucas chances de gol, ganhou quem teve o seu centroavante em dia mais inspirado. Neste domingo, o italiano Fabio Quagliarella fez a sua parte ao marcar o gol da vitória por 1 a 0 da Sampdoria sobre a Internazionale, no estádio Luigi Ferraris, em Gênova, pela 11.ª rodada do Campeonato Italiano. No lado da equipe de Milão, o contestado argentino Mauro Icardi, mais uma vez, ficou devendo.

O triunfo em casa, muito comemorado pelos jogadores com os torcedores ao final do jogo, deu um alívio para a Sampdoria. Agora com 14 pontos, o time de Gênova subiu para a 12.ª colocação e ficou mais distante da zona de rebaixamento - o Empoli abre a degola com sete pontos.

Do outro lado, a inconstância continua com a sequência de ganha, perde, ganha e perde da Internazionale. A derrota deste domingo fez a equipe de Milão estacionar na 11.ª posição, com 14 pontos. Mas pode cair duas colocações se Udinese e Cagliari vencerem seus jogos como mandantes nesta segunda-feira contra Torino e Palermo, respectivamente. O mesmo vale para a Sampdoria.

Em campo, o duelo foi muito truncado no meio de campo. No primeiro tempo, os goleiros pouco trabalharam, mas Handanovic, da Internazionale, teve de buscar uma bola dentro de sua meta aos 44 minutos. Quagliarella recebeu dentro da área e chutou rasteiro e cruzado no seu canto esquerdo.

Na segunda etapa, a Internazionale resolveu arriscar mais por causa do resultado adverso. Teve mais posse de bola e criou algumas boas oportunidades para empatar. Mas não teve sorte e competência. Nos acréscimos, Icardi chutou no travessão e a bola por pouco não entrou ao cair no chão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.