Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Samuel Xavier vê desafio ao substituir Marcos Rocha no Atlético-MG

Lateral-direito assume posição do antigo titular que foi para o Palmeiras

Estadão Conteúdo

08 Janeiro 2018 | 20h38

O Atlético-MG apresentou nesta segunda-feira mais um reforço trazido para a temporada 2018. Contratado por empréstimo até o fim do ano junto ao Sport, o lateral-direito Samuel Xavier chegou com a dura missão de substituir Marcos Rocha, titular da posição nos últimos seis anos e um dos destaques do time alvinegro no período, que foi negociado com o Palmeiras.

+ Cazares promete ano menos instável no Atlético-MG

"É uma responsabilidade grande substituir o Marcos Rocha porque ele fez história aqui no clube, é um lateral de seleção brasileira e todos sabem a sua qualidade, mas encaro como mais um desafio na minha vida. Sei que é difícil quando a torcida está acostumada com jogador de qualidade, mas espero fazer minha parte, jogar um bom futebol e dar alegria ao torcedor", declarou.

Samuel Xavier viveu bons momentos com a camisa do Sport em 2015 e 2016, mas caiu de produção no ano passado e chegou a ficar no banco em boa parte do Campeonato Brasileiro. O próprio jogador admitiu a má fase técnica atravessada na temporada e garantiu que ela foi causada por motivos extracampo.

"Todo mundo passa por momentos difíceis na vida. O ano de 2017 envolveu muitas coisas, até problemas familiares que eu tive. Isso eu sei que ninguém quer saber, todo mundo quer ver o resultado em campo. Foi um ano difícil, mas espero recuperar o futebol de 2015 e 2016", projetou.

Para recuperar seu melhor futebol, o jogador conta com a estrutura disponibilizada pelo Atlético-MG. "Os meus primeiros dias aqui foram ótimos, fui muito bem recebido e a estrutura do Galo é excelente. Tenho muita expectativa de mostrar meu futebol e conquistar títulos com a camisa do Galo, esse é o meu objetivo junto da diretoria e dos meus companheiros, e começamos a trabalhar forte para isso."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.