Emilio Huascar Castillo / EFE
Emilio Huascar Castillo / EFE

San José conquista título boliviano e entra no grupo do Flamengo na Libertadores

Chave terá ainda o Peñarol, do Uruguai, e a LDU, do Equador

Redação, Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2018 | 10h42

Em partida encerrada no final da noite de quarta-feira, o San José garantiu o título do Campeonato Boliviano ao empatar em 1 a 1 com o Royal Pari, em casa, e consequentemente assegurou um lugar na fase de grupos da Copa Libertadores de 2019.

O time da cidade de Oruro vai integrar o Grupo D da competição continental, que conta com o Flamengo, além do Peñarol, do Uruguai, e a LDU, do Equador. A presença destes três últimos clubes nesta chave foi definida por meio de sorteio realizado na última segunda-feira, em Luque, no Paraguai, na sede da Conmebol.

No confronto desta quarta à noite, o colombiano Jair Reinoso abriu o placar para o San José aos 36 minutos do primeiro tempo e, aos 11 da etapa final, o seu compatriota John Mosquera igualou o placar para o Royal Pari, que fechou o Campeonato Boliviano na terceira posição, com 50 pontos, se garantiu na Copa Sul-Americana.

Já o campeão San José ficou com o título ao somar 53 pontos, enquanto o vice-campeonato foi obtido pelo The Strongest, com 50 pontos, após aplicar uma goleada por 8 a 0 sobre o Blooming, em La Paz, por esta rodada final da competição. Pelo segundo lugar, a equipe se credenciou para jogar a segunda fase preliminar da Libertadores, na qual terá pela frente o Libertad, do Paraguai.

Já o Bolívar, que terminou o segundo turno na quarta posição, com 47 pontos, jogará o estágio inicial desta da pré-Libertadores contra o Defensor, do Uruguai. Além do Royal Pari, o Oriente Petrolero e Nacional Potosí serão os outros representantes da Bolívia na primeira fase da Copa Sul-Americana.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.