Divulgação
Divulgação

San Lorenzo joga no Morumbi para esquecer tragédia em seu estádio

Queda de torcedor de arquibancada deixa um morto e um ferido

O Estado de S. Paulo

18 Março 2015 | 09h00

O San Lorenzo entra em campo de luto nesta quarta-feira para enfrentar o São Paulo, no Morumbi, pela Copa Libertadores. No último domingo, durante o clássico com o Huracán, em casa, um torcedor faleceu ao cair da arquibancada do estádio Pedro Bidegain e na queda, atingiu mais duas pessoas. Uma delas está em estado grave.

O acidente tirou do time o ânimo pela vitória por 3 a 1 sobre o rival e levou a diretoria a se defender das condições do atendimento. Em nota oficial, o San Lorenzo alegou que prestou auxílio rápido às vítimas da queda do torcedor Pablo Giménez, de 24 anos, que teria morrido na hora.

Giménez caiu da parte mais alta da arquibancada e atingiu na parte de baixo do estádio o torcedor Esteban Otero, de 33 anos, que estava acompanhando do filho, de quatro anos. A dupla voltava do banheiro quando houve o acidente. De acordo com a imprensa argentina, Otero teve lesões graves na coluna e complicações respiratórias. A criança está fora de perigo.

"Informamos que o ocorrido está caracterizado como 'acidente fatal' e seguimos com o acompanhamento da evolução do outro torcedor ferido, que sofreu o impacto da queda do torcedor falecido", comentou o clube em nota oficial assinada pelo presidente Matías Lammens e pelo secretário Miguel Mastrosimone.

O clássico entre San Lorenzo e Huracán reúne equipes rivais sediadas no bairro de Boedo. No domingo as equipes se encontraram depois de quatro anos. O time do Papa Francisco levou a melhor ao ganhar de virada por 3 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.