Matthias Schrader/AP
Matthias Schrader/AP

Sandro Wagner deixa o Bayern e assina com time da China que quer Bruno Henrique

Reserva de Lewandowski e com poucas chances, atacante de 31 anos é contratado pelo Tianjin Teda

Redação, Estadão Conteúdo

30 de janeiro de 2019 | 09h25

A aventura do centroavante Sandro Wagner no Bayern de Munique durou exatamente um ano e foi encerrada nesta quarta-feira. No penúltimo dia da janela de transferências do inverno europeu, o alemão acertou a sua transferência para o Tianjin Teda, da China, que está se reforçando para a nova temporada que começa em março. E pode ser companheiro do volante Bruno Henrique, do Palmeiras, que tem uma proposta milionária para sair do Brasil.

De acordo com a imprensa chinesa, o Tianjin Teda pagou cinco milhões de euros (mais de R$ 21 milhões) para tirar Sandro Wagner, que tem 31 anos, do Bayern de Munique. Na China, com um contrato de duas temporadas, o atacante será comandado por um compatriota, o alemão Uli Stielike.

Contratado junto ao Hoffenheim em janeiro de 2018, Sandro Wagner conviveu com a sombra do centroavante polonês Robert Lewandowski, titular na maioria dos jogos e maior goleador do time. No ano passado, Wagner participou de apenas 21 jogos e marcou oito gols com a camisa do Bayern de Munique.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.