Sangaletti no Guarani pela 4ª vez

Não existe mais dúvida sobre o retorno do zagueiro Sangaletti para o Guarani. Ele se apresentou ao técnico Zé Mário, nesta segunda-feira, garantindo que comandará o time no Campeonato Brasileiro da Série A. Esta é a quarta vez que o jogador defenderá o clube. Sangaletti disse ter superado com a diretoria débitos anteriores, referente a atrasos de pagamentos e luvas. No primeiro semestre, ele defendeu o Guarani no Torneio Rio-São Paulo e depois conquistou o bicampeonato pernambucano pelo Náutico. "Estou otimista com a proposta de trabalho do clube. Foi por isso que voltei." A mesma confiança não demonstra o atacante Sérgio Alves, que se recusou a enfrentar o Internacional-RS, em jogo amistoso realizado sábado em Porto Alegre, porque ainda não recebeu valores referentes as luvas. "Este é um problema administrativo", isentou-se o gerente de Futebol, Neto Ferreira. Apesar da derrota para o Internacional, por 2 a 0, o técnico Zé Mário elogiou o desempenho do time, ressaltando que ainda tem "seis ou sete jogadores" que certamente serão titulares e não puderam atuar na capital gaúcha. Ele promete intensificar os treinos nos próximos dias, visando principalmente o entrosamento do novo grupo formado com a vinda de 13 reforços. A estréia do Guarani acontece em 11 de agosto, no próprio Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, diante do Atlético Paranaense, atual campeão nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.