Santa aposta no retrospecto e na torcida

Num clima de muito otimismo, a equipe do Santa Cruz está praticamente definida para o jogo de estréia no quadrangular semifinal da Série B do Campeonato Brasileiro, contra o Palmeiras, sábado, no estádio do Arruda, em Recife. O Santa aposta no apoio da torcida e no ótimo retrospecto em casa, onde ainda não perdeu neste campeonato. O time jogou 9 vezes no Arruda, venceu 7 e empatou duas. É o time de melhor aproveitamento dos pontos disputados dentro de casa: 85,19%. Além do bom retrospecto, a equipe vem embalada pela vitória de sexta-feira sobre o CRB, pelo Campeonato Estadual. O técnico Péricles Chamusca se mostrava aliviado hoje. Na véspera, os jogadores Hélder e Batata deixaram o treinamento reclamando de contusões. Os dois foram avaliados pelo departamento médico e liberados em seguida. Assim, foram confirmados na equipe que pega o Palmeiras. "Contar com o máximo possível de jogadores para começar bem esta etapa da competição era uma de minhas prioridades. Graças a Deus e ao esforço da equipe médica e dos próprios jogadores, isso vai ser possível", comentou.No treino desta quinta, Hélder foi poupado, apesar de o exame de ressonância magnética realizada na coxa direita ter mostrado que não há contusão. Já Batata, que havia torcido o tornozelo esquerdo, treinou normalmente. O técnico, no entanto, não deverá contar com os jogadores Marcinho e Eriberto. Os dois cumprem suspensão automática.Chamusca quer empenho no jogo de sábado, pois acredita que uma vitória na estréia vai melhorar muito o ambiente no clube. "Será a nossa arrancada em busca de uma vitória aqui no Arruda. Sem dúvida, isto nos dará mais confiança e vontade de chegar ao quadrangular final".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.