Divulgação
Divulgação

Santa Cruz anuncia retorno do atacante Grafite após 13 anos

Atacante assinará contrato válido até julho de 2016

Estadão Conteúdo

30 de junho de 2015 | 13h45

Após 13 anos, o atacante Grafite voltará a defender as cores do Santa Cruz. A equipe da Série B anunciou nesta terça-feira o retorno do jogador, que se destacou no São Paulo e no Wolfsburg, da Alemanha.

"Realmente acertamos. Todos sabem do amor que Grafite tem pelo Santa Cruz e do carinho da torcida por ele", afirmou o presidente do clube pernambucano, Alírio Moraes. "Conseguimos consumar esse sonho. Era um pedido da nossa torcida. Estamos muito felizes por este acerto", comemorou o dirigente.

Grafite passou os últimos anos atuando no futebol árabe. Ele tem contrato com o Al-Sadd, do Catar, até o dia 31 de julho. Finalizado o vínculo, o atacante assinará com o Santa Cruz, com contrato iniciando em 1º de agosto, até 31 de julho de 2016.

O reforço do Santa Cruz será apresentado oficialmente já nesta quarta, às 15h30, no Estádio do Arruda. "É uma festa aberta. Depois ele conversa com a imprensa e viaja para resolver a papelada", disse o presidente. Depois de encerrar o vínculo com o clube árabe, Grafite deve fazer sua estreia na partida contra o Botafogo, no dia 8 de agosto.

Grafite defendeu o Santa Cruz entre 2001 e 2002. Neste período, marcou 16 gols em 37 partidas. Acabou chamando a atenção do Grêmio, que o contratou. Depois, passou pelo Anyang Cheetahs, da Coreia do Sul, Goiás e São Paulo, onde obteve seus títulos mais relevantes, na Copa Libertadores e no Mundial de Clubes, ambos em 2005.

Na Alemanha, Grafite brilhou com a camisa do Wolfsburg. Lá foi campeão alemão na temporada 2008/2009. Então seguiu para o futebol árabe, onde também defendeu o Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos. Em seguida, se transferiu para o Al-Sadd, de onde está vindo para o Santa Cruz.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSanta CruzGrafite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.