Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Santa Cruz vende mando, e Corinthians comemora jogar longe do Recife

Time paulista espera aproveitar para pontuar em campo neutro

O Estado de S.Paulo

11 Outubro 2016 | 07h02

Pensando em melhorar as finanças do clube, a diretoria do Santa Cruz vendeu o mando de jogo contra o Corinthians para a Arena Pantanal. Inicialmente, a partida que será realizada nesta quarta-feira, às 21h45, seria no Arruda e a mudança de local foi comemorada pelos corintianos.

"Sabemos do quanto o Santa Cruz é forte no Arruda. É difícil jogar lá, com um clima quente e uma torcida que comparece em bom número. Em Cuiabá, acredito que o campo será neutro. Seria bem mais difícil no Recife", disse o lateral-esquerdo Uendel. 

De olho no G-6, melhorar o retrospecto fora de casa é uma das prioridades do técnico Fábio Carille na reta final do Campeonato Brasileiro. "Estamos devendo fora de casa e já falamos sobre isso no vestiário. Temos que fazer um grande jogo contra o Santa Cruz e subir na tabela", completou Uendel.

Embora veja vantagem em atuar longe do Arruda, o corintiano deixa claro que isso não fará com que a partida se torne mais fácil para o Corinthians. "As equipes que estão na briga contra o rebaixamento jogam de igual para igual contra quem está disputando o título. O estádio é um fator importante, mas será um desafio completo da mesma forma".

Será o terceiro jogo do Corinthians na Arena Pantanal. Anteriormente, o clube perdeu para o Bragantino por 1 a 0, em 2014, e no mesmo ano derrotou o Vitória por 2 a 1. No ano passado, a equipe alvinegra bateu o Cruzeiro por 1 a 0. 

Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.