Santiago promete raça no Corinthians

Com 36 gols marcados em dois anos como profissional, o atacante uruguaio Santiago Martin Silva Olivera, de 21 anos, foi apresentado nesta terça-feira no Parque São Jorge. Ele chega para ser mais uma opção para o técnico Carlos Alberto Parreira, que, ao longo do primeiro semestre, já conta com as seguidas ausências de Luizão, nome certo na seleção brasileira. "Nunca o vi jogar. As informações que tenho vieram por fitas de vídeo", admitiu o treinador do Corinthians, ao comentar sobre o novo reforço da equipe."El Tanque", como foi apelidado em seu país, assinou contrato com o Corinthians até o fim da temporada. Ele estava no Chievo, da Itália, onde era reserva. Antes disso, defendeu a seleção uruguaia Sub-15 e Sub-17, os clubes uruguaios Central Español, River Plate e Defensor Sporting, de onde se transferiu para o futebol italiano. Mas por que "El Tanque"? "É por causa do meu estilo de jogo, com muita raça", explicou o novo reforço corintiano.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2002 | 17h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.