Santista e Portuguesa empatam por 2 a 2

No clássico lusitano, Portuguesa de Desportos e Portuguesa Santista ficaram num empate por dois gols hoje à noite, em Ulrico Mursa. O time da capital começou na frente marcando dois gols seguidos, aos 15 e 17 do primeiro tempo. Mas a Santista reagiu, diminuindo a diferença no primeiro tempo e chegando ao ampate no segundo. O campo pesado não chegou a prejudicar os dois times, que mostraram-se ainda desentrosados, e o resultado foi justo pela fraqueza da partida. O jogo começou fraco e até aos 15 minutos os times ainda estavam se testando. Mas foi ai que Marquinhos aproveitou um grande espaço pela direita de seu ataque, e cruzou para Lucas marcar de cabeça. E foi o mesmo Marquinhos que, aproveitando uma segunda bobeada da Lusinha, no mesmo setor, penetrou pela direita na área e chutou cruzado, sem chances para o goleiro Cristiano. No minuto seguinte foi a vez de João Fumaça cobrar uma falta da intermediária. A bola resvalou na barreira e saiu rente a trave esquerda do goleiro Gléguer, assustando o time da capital. Com a vitória parcial, a Portuguesa relaxou um pouco em campo e a Santista passou a procurar o gol com maior intensidade. Aos 35, Reinaldo acertou um forte chute de fora da área, obrigando Gléguer a fazer bonita defesa, colocando a bola para escanteio. Aos 38, Reinaldo cobrou escanteio pelo lado direito e o zagueiro Valdir subiu sozinho para diminuir a desvantagem. Já no segundo tempo a Santista mostrou maior disposição em vencer a partida. Aos 15 minutos, João Fumaça chutou por cobertura e a bola saiu raspando o travessão quando Gléguer já estava batido. No minuto seguinte Nando recebeu a bola, de costas, na entrada da área. Fez a proteção, livrou-se da zaga e correu em direção ao gol, acertando um chute forte sem qualquer chance de defesa para Gléguer, marcando o gol mais bonito da partida. O empate fez com que a Portuguesa tentasse acordar na partida, mas seus atacantes não estavam numa boa noite e tiveram que se contentar com o resultado.

Agencia Estado,

21 de janeiro de 2004 | 22h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.