Santista fora da Série C do Brasileiro

A Portuguesa Santista protocolou na CBF um pedido para não participar do Campeonato Brasileiro da Série C de 2005. O clube, que tinha direito a uma das vagas devido ao 14º lugar no Campeonato Paulista, não apresentou os motivos da decisão. A desistência da Santista vai beneficiar, diretamente, o América, de São José do Rio Preto, que teria o privilégio de contar com o apoio financeiro da CBF para despesas de viagem e hospedagem. O outro beneficiado é o Mogi Mirim, que ano passado foi rebaixado da Série B. O Mogi, porém, já manifestou também o desejo de não participar da competição. O presidente Wilson Fernandes de Barros alegou problemas pessoais, mas ainda não formalizou seu pedido no Rio de Janeiro. No total, seis vagas estão destinadas aos clubes paulistas. Por enquanto, estão garantidos: América, Rio Branco, União São João, Sertãozinho (terceiro colocado da Copa FPF de 2004) e Atlético Sorocaba. Caso o Mogi Mirim confirme sua desistência, resta saber quem será o seu substituto. A primeira opção seria a Internacional de Limeira, também rebaixada no Paulistão, mas o clube anunciou que vai fechar as portas até o final do ano para balanço geral. Outra possibilidade é a inclusão do ECO-Osasco, quinto colocado na Copa FPF de 2004, ou então um convite para o campeão da Série A-2, cuja segunda fase será iniciada neste final de semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.