Santistas admitem satisfação com empate diante do líder

Meia Montillo também elogiou a torcida do seu ex-clube

GONÇALO JÚNIOR, Agência Estado

11 de agosto de 2013 | 19h29

SÃO PAULO - O segundo empate consecutivo no Campeonato Brasileiro, agora por 0 a 0 diante do líder Cruzeiro (o último resultado havia sido o 1 a 1 com o Corinthians), foi comemorado pelos santistas neste domingo no Mineirão.

O meia Cícero concordou que a pressão cruzeirense era previsível, mas acha que a mesma poderia ter sido contornada. "Faltou malandragem para segurar a bola, cavar uma falta e diminuir a pressão", analisou.

Já o meia Montillo, que reencontrou o seu ex-clube, comemorou o comportamento da torcida cruzeirense, que não jogou moedas em sua direção como havia planejado durante a semana. "Os torcedores estão de parabéns. Não aconteceu nada estranho", disse o argentino, que teve boa atuação.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.