Arquivo/AE
Arquivo/AE

Santistas comemoram empate com Atlético-PR

'Ficamos com um a menos no 2.º tempo e, mesmo assim, conseguimos controlar o time deles', destaca Madson

AE, Agencia Estado

28 de outubro de 2009 | 23h10

O Santos empatou com o Atlético-PR por 1 a 1 nesta quarta-feira, em Curitiba, e continua a habitar a parte inferior da tabela do Brasileirão. No entanto, os jogadores santistas saíram de campo satisfeitos com o resultado porque a equipe atuou a maior parte do segundo tempo com um jogador a menos. Róbson foi expulso aos 14 minutos.    

 

Veja também:

linkSantos arranca empate com o Atlético-PR

tabela SIMULADOR - Veja quem pode ser o campeão

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabelaClassificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"É muito difícil jogar na Arena, ainda mais com um jogador a menos. Criamos chances para vencer, mas o empate acabou sendo bom", disse, conformado, o volante Rodrigo Mancha. O meia Madson também aprovou o resultado. "Acho que valeu pela nossa luta. Ficamos com um a menos no segundo tempo e, mesmo assim, conseguimos controlar o time deles", destacou.

Autor do gol santista, o atacante Kléber Pereira comemorou o empate e também um recorde. Ao marcar o seu 48.º gol em Campeonatos Brasileiros, ele se tornou o maior artilheiro do clube na história da competição.

"É um feito na minha vida que vou levar. Chegar num time, ficar dois anos e meio e alcançar essa façanha, é para entrar para a história. Mesmo com a torcida vaiando, sempre trabalhei", festejou o goleador.

Já o zagueiro Adaílton mostrou insatisfação com o empate fora de casa. O defensor reclamou da não marcação de falta em cima do goleiro Felipe no gol atleticano, marcado por Bruno Costa. "O gol deles foi duvidoso. Para mim, foi falta no Felipe. Mas agora não adiante reclamar. Pelo menos conseguimos um empate", conformou-se o jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.