Santistas usarão luto no domingo

Os jogadores do Santos pretendem usar uma faixa preta no braço na partida contra o Botafogo, domingo, em Ribeirão Preto, pelo Campeonato Paulista, numa homenagem póstuma ao governador Mário Covas, um fiel e fanático torcedor santista. O clube está em luto oficial pela morte de Covas, que havia sido eleito com 176 votos, em eleição secreta do Conselho Deliberativo, para ser o primeiro conselheiro emérito. Covas ficou satisfeito com a indicação, mas não houve tempo para receber a homenagem. Ele é sócio do clube desde quando tinha nove anos e, quando moço, tinha um sonho: presidir o Santos. Sua vocação maior, porém, era a política e os compromissos assumidos acabaram por afastar de vez esse objetivo da adolescência. Mas nunca abriu mão de assistir aos jogos de seu time, mesmo quando estava internado ou em tratamento de sua doença.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.