Santo André arranca empate com Botafogo e volta ao G4

RIBEIRÃO PRETO - Botafogo e Santo André empataram por 2 a 2 neste sábado à noite, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 16.ª rodada do Campeonato Paulista. O resultado, porém, não era o que esperavam os dois adversários. O time do interior, com 16 pontos, ocupa a 13.ª posição e ainda corre risco de rebaixamento. Pelo outro lado, a equipe do ABC, com 27 pontos, conseguiu voltar ao grupo que se classifica às semifinais, assumindo a quarta posição.

AE, Agencia Estado

21 de março de 2009 | 22h45

Veja também:

tabela Campeonato Paulista - Tabela e resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Mas a posição do Santo André no grupo de elite do Paulistão pode ser provisória. Neste domingo ele pode ser ultrapassado pelo Santos, que tem o clássico com o Corinthians, no Pacaembu, e pela Portuguesa, que enfrenta o Ituano, em Itu.

O Santo André tratou logo de impor respeito e abriu o placar aos 14 minutos com Pablo Escobar. Depois do cruzamento de Antônio Flávio e da ajeitada de cabeça de Júnior Dutra, o atacante dividiu com o zagueiro e ficou livre para escolher o canto.

Mas o Botafogo não perdeu o controle em campo e partiu para a reação. Aos 21 minutos, Jonilson acertou o travessão com um chute violento de fora da área. O empate saiu aos 23 minutos, após escanteio e a falha do goleiro Neneca, que não cortou. A bola bateu na perna de André Neles e entrou no gol, decretando o empate.

Já no segundo gol do Botafogo o goleiro Neneca deu azar. André Neles lançou Branquinho em diagonal, nas costas da defesa. Ele entrou em velocidade e bateu cruzado, entre as pernas do arqueiro do Santo André, aos 36 minutos, decretando a virada botafoguense.

No segundo tempo, o Santo André tentou ser mais agressivo, mas não conseguiu. O técnico Sérgio Guedes tirou seus dois laterais, Cicinho e Élvis, para as entradas de dois atacantes, Ricardinho e Clodoaldo, respectivamente. O Botafogo priorizou a marcação para garantir o importante resultado. Mas sofreu o empate aos 33 minutos, numa jogada de Pablo Escobar.

Após o cruzamento e desvio de cabeça de Clodoaldo, o atacante ajeitou no peito e bateu forte de esquerda. A bola tocou nas mãos de Paulo Musse, bateu no travessão e entrou. Era o gol do empate. Este foi o sétimo gol de Escobar, artilheiro do time no Paulistão.

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, pela 16.ª rodada. O Botafogo vai pegar o Paulista, em Jundiaí, enquanto o Santo André vai até a Vila Belmiro para enfrentar o Santos.

FICHA TÉCNICA:

Botafogo 2 x 2 Santo André

Botafogo - Paulo Musse; Marco Aurélio, Éverton, Rafael Pedro e Betão; Augusto Recife, Jonílson, Branquinho (Thiago Silvy) e Walter Minhoca (Alex Willian); André Neles (Fabinho) e Adriano. Técnico: Roberto Fonseca.

Santo André - Neneca; Cicinho (Ricardinho), Cesinha, Vinícius e Élvis (Clodoaldo); Fernando, Ricardo Conceição, Antônio Flávio (Ricardo Goulart) e Marcelinho Carioca; Pablo Escobar e Júnior Dutra. Técnico: Sérgio Guedes.

Gols - Pablo Escobar, aos 14, André Neles, aos 23, e Branquinho, aos 36 minutos do primeiro tempo; Pablo Escobar, aos 33 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Cleber Wellington Abade.

Cartões amarelos - Jonilson, Betão e Walter Minhoca (Botafogo); Marcelinho Carioca e Júnior Dutra (Santo André).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.