Santo André e Bragantino marcam no 1º tempo e empatam pelo Paulistão

Equipe do ABC fica na 3ª posição do grupo B com oito pontos, enquanto adversário é vice do grupo A com nove pontos

Estadão Conteúdo

17 de fevereiro de 2018 | 18h54

Na abertura da oitava rodada do Campeonato Paulista, Santo André e Bragantino empataram por 1 a 1, neste sábado, no estádio Bruno José Daniel. A partida, no ABC paulista, teve domínio inicial do time visitante e depois maior volume do mandante.

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Paulista

+ ESPECIAL - Felipe Melo, Jucilei e Ralf: 'Cães de guarda' estão de novo em moda

O Santo André não se recuperou da derrota para a Ferroviária, por 2 a 1, mas chegou ao seu oitavo ponto, em terceiro lugar no Grupo B. O Bragantino, com nove pontos, é vice-líder do Grupo A, mas agora completou seis jogos sem vitórias.

O time de Bragança Paulista surpreendeu ao iniciar o jogo com marcação alta, acuando o Santo André em seu campo defensivo. O objetivo do técnico Marcelo Veiga era claro: sair na frente no placar. Deu certo. Logo no primeiro minuto, Diego Macedo chutou de fora da área e o goleiro Neneca espalmou por cima do travessão.

O esperado gol saiu aos seis minutos, quando Léo Jaime recebeu na linha ofensiva e bateu de bico. O goleiro Neneca rebateu para frente e Gerley pegou de primeira, chutou forte com a perna esquerda: 1 a 0. O time visitante ainda teve outra chance para ampliar com Miguel Bianconi, revelado pelo Palmeiras, que tirou tinta da trave esquerda.

Aos poucos, porém, o Santo André se soltou, mas não conseguia mandar a bola na frente para a opção aérea com Lincom. O empate aconteceu aos 32 minutos, quando o cruzamento saiu da direita e Lincom desviou de cabeça. A sobra ficou para o chute de Hugo Cabral que deu sorte, porque a bola desviou em Lázaro e depois em Diego Macedo para tirar do lance o goleiro Alex Alves.

No segundo tempo, o Santo André evitou a pressão inicial do adversário. Mas insistiu nas jogadas aéreas e pouco teve sucesso. Tanto que não finalizou nenhuma bola na meta defendida por Alex Alves. O Bragantino passou a priorizar a marcação para tentar o contra-ataque.

A melhor chance do time do ABC saiu aos 25 minutos, quando Hugo Cabral foi até a linha de fundo e cruzou na pequena área para Joãozinho, que chutou de virada. Mas Alex Alves cobriu o ângulo, defendeu com o pé direito e a bola subiu, indo para escanteio. Apesar de ter mais volume, o Santo André não conseguiu o gol da virada. A última chance, já nos acréscimos, surgiu em um chute cruzado de Aloísio que cruzou a pequena área e acabou indo para fora.

Pela nona rodada, os dois times voltam a campo no dia 25. O Bragantino, a partir das 11 horas, receberá o Novorizontino, enquanto o Santo André vai até a Vila Belmiro para enfrentar o Santos, a partir das 19h30.

FICHA TÉCNICA

SANTO ANDRÉ 1 X 1 BRAGANTINO

SANTO ANDRÉ - Neneca; Dudu Vieira, Domingos, Suéliton e Lorran (Heliton); Adriano, Tinga (Aloísio) e Guilherme Garré; Hugo Cabral, Lincom (Joãozinho) e Walterson. Técnico: Sério Soares.

BRAGANTINO - Alex Alves; Diego Macedo, Lázaro, Guilherme Mattis e Fabiano; Adenilson, Willian Schuster, Gerley e Vitinho (Nicolas); Léo Jaime (Anderson Ligeiro) e Miguel Bianconi (Bruno Sávio). Técnico: Marcelo Veiga.

GOLS - Gerley, aos seis, e Hugo Cabral, aos 32 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Thiago Duarte Peixoto

CARTÃO AMARELO - Adenilson (Bragantino).

RENDA - R$ 25.480.

PÚBLICO - 1.160 pagantes (1.744 total).

LOCAL - Estádio Bruno José Daniel, em Santo André.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.