Santo André e Vila Nova jogam para aumentar vantagem

Após o Corinthians garantir o acesso no último sábado, a briga pelas três vagas restantes segue intensa e terá mais um capítulo nesta terça-feira. Integrantes do G-4 - a zona de acesso - do Campeonato Brasileiro da Série B, Santo André e Vila Nova entram em campo na abertura da 33.ª rodada para aumentar a vantagem sobre o quinto colocado, o Barueri, que tem 51 pontos.Na teoria, o Vila, quarto colocado com 54, tem a missão mais tranqüila. Embalados pela vitória em cima da Ponte Preta, concorrente direto pelo acesso, os goianos, que vinham de três derrotas consecutivas, recebem o ameaçado Gama, no Serra Dourada. O time candango é apenas o vice-lanterna da competição, com 32 pontos, e vem de quatro derrotas consecutivas.O Santo André, por sua vez, vai até Caxias do Sul enfrentar o Juventude. Vindo de derrota para o América-RN, de virada, o time do ABC paulista defende a terceira colocação, que ocupa com 55 pontos. Invictos há quatro partidas, os donos da casa ainda sonham com o acesso. Na última rodada, bateram o Gama e, após a segunda vitória seguida, assumiram a sexta posição, com 49 pontos, cinco a menos que o Vila Nova.No outro jogo da noite, o duelo é direto contra o rebaixamento entre Fortaleza e Marília. O time cearense chega na frente dos paulistas. Sem perder há quatro partidas, o Fortaleza, que empatou seus últimos três jogos (Ceará, Ponte Preta e CRB), é o 17.º colocado, com 36 pontos. O clube do interior paulista, derrotado pelo Avaí na última rodada, está uma posição abaixo, com dois pontos a menos.Uma vitória do Fortaleza obrigaria o CRB, lanterna da Série B, a vencer todos os seis jogos restantes de goleada e ainda torcer por seis derrotas do Criciúma para se livrar da iminente queda.Confira a 33.ª rodada da Série B:Terça-feira20h30Fortaleza x MaríliaJuventude x Santo AndréVila Nova x GamaSexta-feira20h30Brasiliense x ABCBarueri x CriciúmaAvaí x Ponte PretaSábado16h20Corinthians x ParanáBragantino x BahiaSão Caetano x Ceará20h30América-RN x CRB

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.