Santo André ´esquece´ Paulista e chama Davino para Série B

Praticamente rebaixado para o Campeonato Paulista da Série A-2, o Santo André já começa a pensar no Campeonato Brasileiro da Série B, que começa em maio. Desta forma, a diretoria apresentou nesta quinta-feira o substituto do técnico Leandro Campos, que pediu demissão na terça-feira. A escolha recai sobre Roberval Davino, que na semana passada se desligou do ABC, de Natal.Junto com o novo comandante chegam dois auxiliares técnicos: Jeanderson e Sinclear. ?Aceitei o convite porque considerei interessante a proposta de trabalho?, comentou Davino, que ainda nesta quinta comandará o primeiro treinamento do time.O treinador também falou em livrar o clube do rebaixamento no Paulista, embora reconhecesse que as chances são pequenas. O Santo André soma apenas seis pontos e no próximo domingo enfrenta o Paulista, em Jundiaí. Davino é o quarto técnico da temporada, uma vez que já passaram pelo clube Ruy Scarpino, Luiz Carlos Ferreira e Leandro Campos.O alagoano Roberval Davino tem 51 anos e na década de 1980 defendeu, como jogador, o XV de Jaú. Como técnico, já passou por vários clubes paulistas, como América, Paulista, Araçatuba, Mirassol e Marília. Tem amplo conhecimento em jogadores, a ponto de formar equipes do tipo ?bom e barato?. Assim formou, ano passado, o América de Natal, que disputou a Série B e garantiu o acesso para a elite nacional. Em 2005, sagrou-se campeão brasileiro da Série C com o Remo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.