Santo André estréia técnico no Palestra

O técnico Sérgio Soares é a grande novidade do Santo André para a decisiva partida contra o Palmeiras, no Parque Antártica, nesta quarta-feira, às 21h45, pela terceira rodada da competição continental. Ele foi contratado para substituir Luiz Carlos Ferreira, que pediu demissão no último domingo, e se como volante jamais disputou um jogo pelo torneio tem agora, após 11 meses na nova profissão, sua primeira oportunidade.O Santo André é o último colocado do Grupo 4, com apenas um ponto. O Palmeiras, por sua vez, é o líder, com quatro. O Deportivo Táchira, da Venezuela, é o segundo, com três, seguido pelo paraguaio Cerro Porteño, que tem dois.O novo treinador se diz motivado pela nova chance no comando do time, principalmente por contar com o apoio irrestrito da diretoria. Soares estreou como técnico justamente no Santo André, após a saída de Péricles Chamusca, no decorrer do último Brasileiro da Série B. Além disso, já adiantou que vai mudar o estilo do time. "Vocês poderão observar algumas mudanças. Cada treinador tem uma forma de dirigir, e eu colocarei em prática o que quero já para o próximo jogo".Ele já conhece a maior parte do elenco desde o ano passado, mas aproveitou os últimos três dias em Jarinu, onde o time ficou concentrado, para unir ainda mais os jogadores. A união seria a principal arma para a recuperação dentro da competição. "Tudo depende dos jogadores. E confio muito neste grupo", reafirmou.Soares deve contar com o retorno do artilheiro Sandro Gaúcho, que estava machucado e forma dupla com Leandrinho. Assim, Rodrigão fica no banco, mesmo tendo sido o autor dos dois gols no empate com o Cerro Porteño, na última partida pela Libertadores.Assim, o esquema 3-5-2 volta a ser utilizado, mesmo com a não recuperação de Da Guia. O setor defensivo será composto por Ronaldo, Diego Padilha e Gabriel. Nos treinamentos em Jarinu, o ala-direita Alexandre sentiu uma lesão e foi vetado. Para seu lugar, o jovem Makelele ganha uma chance entre os titulares. O meia Fumagalli, o zagueiro Dedimar e o polivalente Da Guia ainda estão machucados, enquanto Richarlyson cumpre suspensão por ter sido expulso no empate com o Cerro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.