Santo André ganha mais problemas

O técnico Luiz Carlos Ferreira está enfrentando uma série de problemas para manter o Santo André unido para o que deve ser o jogo mais importante da história do clube em uma competição nacional, diante do Atlético-MG, pela Copa do Brasil. Depois de perder o meia Fumagalli, agora foi a vez do volante Cléber Gaúcho deixar o time.A diretoria do time do ABC se esforçou até o último momento para tentar manter Cléber Gaúcho, que tinha contrato até hoje, mas o Criciúma-SC, dono de seus direitos federativos, não abriu mão de ter o volante de volta. Além disso, o atacante Edmílson, que atuou como titular e marcou o primeiro gol na partida de ida contra o Atlético-MG, sofreu uma lesão na panturrilha e dificilmente joga na próxima quarta-feira.A delegação do Santo André irá para a cidade de Jarinú na próxima sexta-feira e o treinador espera aproveitar os cinco dias para achar solução para todos estes problemas. A diretoria do clube ainda corre atrás de reforços para o caso do time se classificar à terceira fase da competição.A partida decisiva diante do Atlético está marcada para o dia 7 de abril, próxima quarta-feira, em Belo Horizonte. Como fez 3 a 0 em São Paulo, o Santo André pode até perder por dois gols de diferença.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.