Santo André pode ser punido pelo STJD

O Santo André pode ser o próximo clube a perder pontos no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O clube teria escalado de forma irregular o volante Dirceu, ex-Juventus, e o atacante Osmar, ex-União São João de Araras, nas duas primeiras partidas do Campeonato Brasileiro da Série B. Como prevê o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), o clube infrator deverá perder o dobro dos pontos em disputa. Como são dois jogos, o time pode perder 12 pontos.O presidente do Santo André, Jairo Livólis, está no Rio de Janeiro tentando resolver a situação. O clube alega que a culpa é da Federação Paulista de Futebol (FPF), que demorou para repassar a documentação à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o que teria impedido que os nomes dos dois jogadores fossem publicados no Boletim Informativo Diário (BID) da entidade. Os jogos em que o Santo André colocou em campo os dois atletas aconteceram nos dias 24 e 27 abril e os nomes só constam na edição do BID divulgado no dia 30. A interrupção no expediente da CBF durante o feriado de 21 de abril pode ter causado a demora.O clube também pode apresentar os cartões dos atletas com o carimbo da FPF como prova de defesa no julgamento do caso. Mas não deve escapar da punição, como já aconteceu com o Coritiba no Brasileiro da Série A, punido com a perda de seis pontos pelo mesmo problema. Em dois jogos disputados até agora na Série B, o Santo André somou apenas um ponto, no empate sem gols com o Paulista. Na segunda rodada, perdeu para o Avaí, por 3 a 1, em Florianópolis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.