Santo André pronto para estragar a festa

Por ironia do destino, ou acaso da tabela, o Santo André ficou nesta semana no meio da briga entre os dois concorrentes diretos pelo título paulista. Quarta-feira venceu o Santos, por 3 a 2, dando um impulso ainda maior na campanha vitoriosa do São Paulo, que ficou bem perto de sua 20ª conquista do Paulistão. O objetivo do time do ABC é estragar a festa do tricolor, neste sábado, no Morumbi. O treinador Sérgio Soares espera que seus jogadores entrem em campo com o pensamento exclusivo na vitória. O time é o quinto colocado, com 23 pontos, e espera se manter entre os primeiros colocados para assegurar uma vaga na Copa do Brasil de 2006. O trabalho de Soares tem sido em cima do aspecto motivacional. Não faltam razões para manter o astral elevado dos jogadores, porque o adversário é líder absoluto, favorito ao título e único invicto do Paulistão. "Se vencermos, a gente entra para a história", reforça Soares. Para mostrar que a missão de derrubar o São Paulo no Morumbi não é tão difícil, Soares deu como exemplo a conquista do próprio time na Copa do Brasil no ano passado. "Vencemos o Flamengo no Maracanã sob os olhares de quase 80 mil torcedores", lembra Soares, na época auxiliar técnico. O técnico segue ainda sem contar com os zagueiros Ronaldo e Dedimar, com o lateral direito Alexandre e com o meia Fumagalli, todos contundidos. A boa notícia é à volta do zagueiro Gabriel, que cumpriu suspensão automática e tem a escalação garantida. A única dúvida é em relação à lateral direita. O volante Dodô vinha sendo improvisado na posição, mas com a volta de Gabriel é possível que Da Guia seja deslocado para o setor com a defesa sendo formada com Diego, Fernando e Gabriel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.