Santo André quer usar contra-ataque para bater Coritiba

O Santo André já definiu sua arma para tentar derrotar o Coritiba, neste sábado, às 18h30, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Sérgio Guedes acredita que o contra-ataque será a jogada mortal do time do ABC paulista.

AE, Agencia Estado

16 de maio de 2009 | 08h45

Para o duelo no Paraná, o treinador não contará com o lateral-direito Cicinho, expulso na estreia contra o Botafogo. A novidade será a entrada de Júnior Caiçara, de apenas 20 anos.

?Quero mostrar um bom trabalho para tentar me manter no time durante o Campeonato Brasileiro?, disse o lateral, elogiado pelo treinador. ?Ele precisa de oportunidade. Teve uma saída curta do clube que foi muito positiva para sentir o futebol profissional. Agora, voltou e surgiu a chance?, afirmou Sérgio Guedes.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoSanto André

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.