Mauricio de Souza
Mauricio de Souza

Ex-companheiros, Santos e amigos se despedem de Zito

Corpo foi levado para a cidade de Roseira, onde será enterrado

Zuleide de Barros, Especial para O Estado

15 de junho de 2015 | 16h13

Dirigentes, ex-jogadores, amigos, familiares e o Santos prestaram nesta segunda-feira uma última homenagem a Zito, que faleceu na noite de domingo, aos 82 anos. Companheiros do volante na sua gloriosa passagem pelo Santos, como Coutinho, Clodoaldo, Pepe e Mengálvio, acompanharam o velório nesta manhã.

Além desses nomes históricos do Santos, também compareceram ao velório Marcelo Fernandes, o treinador do clube, e o presidente Modesto Roma Júnior. Pelé está fora do Brasil e, por isso, não compareceu ao adeus a Zito, mas enviou uma coroa de flores em que homenageia o amigo e ex-companheiro.

Após o fim do velório, o carro que transportava o corpo de Zito passou em frente à Vila Belmiro, onde foi realizada uma queima de fogos em homenagem a um dos maiores nomes da história do Santos, que decretou sete dias de luto em razão da morte do ex-jogador. Depois disso, o corpo seguiu para a cidade de Roseira, no interior paulista, onde será enterrado.

Zito foi um dos destaques do grande time do Santos, nos anos de 1950 e 1960, sendo campeão mundial em 1962 e 1963 e ainda levantaram outras taças importantes. Titular absoluto da seleção brasileira, ele se destacou nas conquistas das Copas do Mundo de 1958, na Suécia, e 1962, no Chile. Também esteve presente na seleção na Copa de 1966, na Inglaterra.

Em razão de compriomissos assumidos nos Estados Unidos, Pelé não pode comparecer, mas enviou uma corro de flores e fez questão de se manifestar nas redes sociais. "O falecimento do Zito enche meu coração de tristeza. Tivesmo monentos memoráveis juntos e, orgulhosamente representamos o Brasil em todos os lugares que fomos. Ele foi uma figura paterna para mim quando entrei pela primeira vez para o Santos FC e, ao longo dos anos, tornou-se um grande mentor e um ótimo amigo. Minhas condolências a sua família e os seus entes queridos. Descanse em paz", comentou.

Neymar Jr, um dos craques descobertos por Zito, também não pode comparecer, por se encontrar no Chile, participando da Copa América, mas mandou um coroa de flores com os seguintes dizeres: "Saudades de Neymar Jr e familia. Descanse em paz.

Assista a entrevista de Zito, comentando sobre o gol na final em 62.


Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCZitobrasileirao

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.