Santos à espreita do Superpaulistão

O Santos só aguarda a oficialização do aumento no número de times que disputarão o Superpaulistão para chamar seus jogadores de volta. "A expectativa é grande e favorável", revelou Francisco Lopes, diretor de futebol santista. Ele acredita que até sexta-feira a Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciará a modificação no torneio e, acontecendo isso, o departamento de futebol voltará a trabalhar na segunda-feira."Nosso plano é voltar o mais rápido possível aos treinamentos", disse Lopes. Com a desclassificação no Rio-São Paulo, o elenco entrou em férias por tempo indeterminado.O Superpaulistão começará dia 12 e, aumentando o número de participantes de quatro para dez, o torneio deverá terminar no final do mês. Essa expectativa fez com que os dirigentes acelerassem algumas negociações contratuais e esperam definir nas próximas horas pelo menos a situação do técnico Celso Roth e a do volante Cléber.O treinador está em Porto Alegre e já avisou que não aceita redução salarial enquanto a diretoria discute a conveniência de mantê-lo no cargo, já que seus salários ultrapassam os R$ 60 mil fixados como teto pelo clube.O zagueiro está na mesma situação: recebeu proposta de redução salarial e só fica na Vila se aceitar a proposta dos dirigentes. Ele já mandou avisar que pretende continuar com o mesmo salário e, permanecendo o impasse, terá seu contrato rescindido. Os dirigentes querem, por outro lado, antecipar a renovação com o lateral-esquerdo Léo, que tem compromisso até agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.