Ivan Storti/Divulgação
Ivan Storti/Divulgação

Santos aceita proposta e Cícero vai para o Fluminense

Clubes estão acertando os últimos detalhes contratuais. Jogador já não viaja com a delegação

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

28 de maio de 2014 | 13h41

Atualizado às 17h45

SANTOS - O Santos confirmou a saída do meia Cícero na tarde desta quarta-feira, por meio do site oficial. Segundo a nota, o clube paulista aceitou proposta do Fluminense e está acertando os últimos detalhes contratuais com os cariocas. Dessa forma, o jogador não viaja à Bahia com a delegação santista nesta quarta-feira para enfrentar o Bahia, em partida válida pela oitava rodada do Brasileirão.

Cícero havia recebido do Santos um prazo que venceria nesta quarta-feira para apresentar a proposta do interessado na sua contratação. Para não exceder o limite de jogos para poder se transferir para outra equipe da Série A do Brasileiro, o meio-campista pediu para não enfrentar o Flamengo no último domingo, no Morumbi.

Emprestado ao Santos até o final do ano pela Tombense, clube mineiro que pertence a Eduardo Uram, Cícero tem uma multa contratual de 6 milhões de euros (R$ 18,2 milhões) estipulada em seu contrato. Inicialmente, 50% desta quantia caberia ao clube da Vila Belmiro em caso de rompimento do acordo, mas a diretoria santista adiantou liberá-lo por um valor menor caso chegasse uma outra proposta que atendesse aos interesses do clube.

Antes de definir o seu futuro como jogador profissional, Cícero treinou como titular do Santos na manhã desta quarta. Ele atuou adiantado fazendo dupla com Gabriel na frente. Porém, sem a sua presença, Diego Cardoso ou Victor Andrade irão ocupar um lugar na equipe que pegará o Bahia. Sem Cícero, o técnico acabou relacionado Anderson Carvalho de última hora para o confronto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.