Santos aguardará "dança dos técnicos"

Até o dia 31, Cabralzinho é o técnico do Santos. Essa é a única certeza na Vila Belmiro e os diretores não confirmam nem desmentem a saída do treinador. Até lá, porém, muita coisa podeocorrer, já que técnicos poderão deixar suas equipes nas próximasrodadas do Brasileiro, abrindo perspectivas de contratação de um outro treinador. Com os jogadores, a situação é ainda mais indefinida: eles estão em férias e as negociações deverão ocorrer a partir de janeiro.Cabralzinho permanece em Santos e continua discutindo com a diretoria os planos para a próxima temporada. Se permanecer no comando da equipe, vai pedir um lateral-direito, um zagueiro, um meia-armador e dois atacantes. Galván, Vágner e Valdir não estão nos planos de Cabralzinho. Para outros jogadores, como Viola e Fábio Costa, a permanência passa por uma avaliação mais rigorosa do desempenho dos atletas este ano. O atacante não conseguiu uma boa passagem, despertou a ira dos torcedores e, como é um dos jogadores mais caros do elenco, não deverá ter seu contrato renovado.Já Fábio Costa foi punido duas vezes por indisciplina e terminou ocampeonato afastado da equipe principal. Ainda na terça-feira, foijulgado por sua expulsão no jogo contra o Internacional, quando bateupalmas para o juiz Álvaro Azeredo depois que ele marcou um pênalti.Pegou suspensão de três partidas, já cumpriu uma e a diretoria lutapara transformar as outras duas em multa. Mesmo com tudo isso, deverá ser um ponto importante para o clube fazer caixa para promover a renovação pretendida. Outros jogadores deverão ser negociados ou deixarão a Vila Belmiro. Robert, por exemplo, tem contrato até fevereiro, quando será o dono de seu passe. O novo contrato terá de ser mais vantajoso para o jogador, que interessa a outros clubes.Negociações à parte, é plano da diretoria manter os jogadoresrevelados na Vila Belmiro, como Preto, Elano, Paulo Almeida e outrosque conquistaram a condição de titular este ano. Isso, para opresidente Marcelo Teixeira, não basta. Segundo ele, o time precisacontar com jogadores experientes para dar suporte aos atletas maisjovens e com algumas estrelas que atraiam o torcedor. No Brasileirodeste ano, Marcelinho Carioca e Viola cumpriram esse papel, mas para 2001 já se procura outros habilidosos jogadores para dar um brilho especial ao time.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.