Sérgio Neves/AE - 28/08/2011
Sérgio Neves/AE - 28/08/2011

Santos ainda busca recuperar futebol do 1º semestre

Equipe da Baixada Santista enfrenta o Inter no Beira-Rio

SANCHES FILHO, Agência Estado

31 de agosto de 2011 | 07h56

O Santos precisa da vitória contra o Internacional, nesta quarta-feira, a partir das 21h50, no Beira-Rio, em Porto Alegre, para começar a ser a sensação do segundo turno do Brasileirão que Muricy Ramalho promete. Mais do que a vitória, o treinador santista pede aos jogadores a volta do bom futebol apresentado no primeiro semestre, como parte também da preparação para o Mundial de Clubes, que acontecerá em dezembro, no Japão.

A reação santista começou nas últimas rodadas do primeiro turno, com as vitórias diante de Bahia, a primeira como visitante, e do Fluminense, além do empate no clássico com o São Paulo. Mesmo assim, a equipe está em situação ruim no Brasileirão, com apenas 22 pontos. Mas Muricy sabe que para chegar confiante e exigindo respeito dos adversários no Japão, em dezembro, o Santos terá de jogar como nos melhores momentos do primeiro semestre.

"Uma coisa leva a outra. Estamos trabalhando forte pela recuperação dentro do Brasileiro e já atingimos um patamar próximo ao ideal. A gente conversava sobre a responsabilidade de não aceitar aquela situação incômoda (zona de rebaixamento) e todos concordam que a qualidade do nosso time é para brigar lá em cima. E, dessa forma, vamos estar prontos para o Mundial", afirmou o lateral-esquerdo Léo, o mais experiente do grupo santista.

Diante do Inter, Muricy vai posicionar o time mais atrás e usar a velocidade de Neymar para puxar os contra-ataques, contando também com o oportunismo do atacante Borges, que é o artilheiro do Brasileirão com 12 gols. Arouca, Elano e Ibson, todos machucados, continuam fora, enquanto a escalação de Pará, com dores musculares, só vai ser confirmada pouco antes do jogo. Se ele for vetado, Danilo vai para a lateral.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroSantos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.