Santos ainda luta para ficar com Deivid

Faltam poucos detalhes para o lateral-esquerdo Léo assinar com o Benfica, apesar do Santos ainda lutar por sua permanência - oferece, inclusive, aumento salarial e um contrato mais longo. Os próprios dirigentes santistas demonstram pessimismo quanto à possibilidade de o jogador ficar na Vila Belmiro. Para o Santos, a prioridade é resolver a situação de Deivid e por isso, o encontro do presidente Marcelo Teixeira com Léo acabou sendo adiado, o que foi confirmado pelo procurador do lateral, Iko Martins."Essa é a última oportunidade que Léo tem na carreira para realizar o seu sonho de jogar na Europa. A reunião com o presidente vai ser mais para que ele dê uma satisfação e agradeça o bom tratamento que recebeu nos cinco anos de clube", revelou Iko Martins no final da tarde desta quinta-feira.A última esperança do Santos em ficar com Deivid é o procurador do atacante, Jorge Moraes, que, segundo a assessoria de imprensa santista, deve apresentar nesta sexta-feira a proposta final do Bordeaux para negociar o jogador.Enquanto isso, o time continua se preparando para o clássico de domingo à tarde, contra o São Paulo, na Vila Belmiro. No treino coletivo desta quinta-feira, o técnico Alexandre Gallo repetiu o time que começou a partida contra o Goiás, na rodada passada do Brasileirão.Como continua sem Léo, Robinho e Deivid nessa fase de indefinição do futuro deles, Gallo deve mesmo manter o time com Mauro; Paulo César, Altair, Ávalos e Carlinhos; Fabinho, Bóvio, Ricardinho e Giovanni; Douglas e Basílio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.