Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Santos anuncia a contratação do goleiro Jandrei: 'Feliz demais por estar aqui'

Com passagens por Chapecoense e Athletico-PR, jogador de 28 anos fecha com o time paulista após rescindir com o Genoa, da Itália. Contrato vai até o fim do Campeonato Paulista de 2022

Redação, Estadão Conteúdo

25 de agosto de 2021 | 15h31

O goleiro Jandrei é mais um reforço do Santos para a sequência da temporada. Aos 28 anos, o atleta atuou pelo Athletico-PR na última temporada, sendo emprestado pelo Genoa. Após acertar a sua rescisão com a equipe da Itália, ele esteve na Vila Belmiro com o presidente Andres Rueda nesta quarta-feira e assinou com o clube da Baixada Santista até o final do Campeonato Paulista de 2022.

"Foi tudo bem rápido. Assim que recebi a proposta já falei para os meus empresários que tinha interesse de ir trabalhar no clube. E acabou dando tudo muito certo. Estou feliz demais por estar aqui vestindo a camisa desse gigante do futebol que é o Santos", disse o novo reforço, em declarações para o site oficial do time alvinegro.

Andres Rueda voltou a destacar que o Santos vem fazendo contratações pontuais, dentro da realidade financeira. "O Jandrei, sem dúvida, ajudará muito, por sua experiência e sua qualidade técnica, inclusive no exterior. Sem bem-vindo", falou.

Natural de Itaqui, no Rio Grande do Sul, Jandrei atuou pela base do Internacional, mas começou a carreira no Novo Hamburgo-RS. Após uma passagem pelo Atlético Tubarão-SC, o goleiro chegou na Chapecoense em 2017, onde foi destaque e chamou a atenção do Genoa. Após ser contratado pelo clube italiano em 2019, foi emprestado para o Athletico-PR em 2020.

No Santos, Jandrei será companheiro de posição de João Paulo, John, Diógenes e Paulo Mazoti. O novo reforço elogiou os goleiros do clube alvinegro e acredita em uma disputa sadia pela titularidade na meta.

"Eu acho que, quanto mais jogadores qualificados o professor tiver à disposição, é melhor. É bom para o clube e para os atletas. Venho para somar e agregar valores na equipe. Vai ser uma disputa sadia por espaço, cada um buscando o seu. Vou tentar ao máximo ajudar o João, que está numa excelente fase, e também o John, que estava muito bem, mas infelizmente teve a lesão. Vamos trabalhar bastante para buscar as ambições do clube no ano", ressaltou o arqueiro.

Jandrei já esteve no CT Rei Pelé, em Santos, na terça-feira, e conversou com o técnico Fernando Diniz. Para o goleiro, a possibilidade de trabalhar com o comandante foi um dos fatores que fez ele aceitar a proposta do Santos.

"Conheço o Diniz de ver pela TV e em jogos que atuei contra. Sabemos que é um treinador muito intenso e que cobra muito em campo. E a presença dele aqui também me ajudou a aceitar a proposta. Ele tem um estilo que conta com o goleiro jogando com os pés, que é uma das minhas características. Ter prazer em jogar futebol, ter prazer em ficar com a bola e buscar o gol adversário partindo desde o goleiro, e não ao acaso com chutão. Então, acredito que vai ser bem prazeroso trabalhar com ele", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.