Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

Santos anuncia demissão do ídolo Renato da função de coordenador técnico

Ex-volante estava na diretoria desde 2018 e ainda tinha tarefas envolvendo as categorias de base

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de março de 2021 | 20h33

Ídolo do Santos, o ex-jogador Renato está fora do clube. Nesta segunda-feira, a equipe confirmou a demissão do ex-volante, que vinha exercendo a função de coordenador técnico. Ele fazia parte da diretoria desde 2018 e ainda tinha tarefas envolvendo as categorias de base.

De acordo com o comunicado divulgado pelo Santos, a saída de Renato foi definida em função da grave crise financeira do clube. Assim, é esperado que o presidente Andres Rueda, que tomou posse em janeiro, realize novos cortes nos próximos dias.

“O Santos FC informa que o profissional Renato Florêncio foi desligado de suas funções nesta segunda-feira (1º). O Santos agradece a sua valiosa contribuição, dentro e fora dos gramados, um verdadeiro ídolo na nossa história. Infelizmente, porém, essa decisão foi necessária diante do atual cenário financeiro que atravessa o clube”, afirmou a equipe em nota oficial.

Hoje com 41 anos, Renato teve uma trajetória longeva como jogador, tendo boa parte da sua carreira ligada ao Santos. Revelado pelo Guarani, defendeu o time da Vila Belmiro de 2000 a 2004, sendo parte do elenco que conquistou dois títulos do Campeonato Brasileiro em 2002 e 2004.

Voltou ao clube em 2014, depois se aposentando em 2018, tendo vencido, nesse período, dois estaduais, em 2015 e 2016. Foram 425 jogos disputados pelo clube. E desde que pendurou as chuteiras, trabalhava como dirigente.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos Futebol ClubefutebolRenato

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.