Ivan Storti/Divulgação
Ivan Storti/Divulgação

Atual campeão, Santos aposta no conjunto

Atual campeão paulista manteve a base de 2015

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

30 Janeiro 2016 | 07h00

Logo após a derrota para o Palmeiras na final da Copa do Brasil, o técnico Dorival Junior afirmou que o principal objetivo do Santos era manter a base. Foi parcialmente atendido. O time perdeu Marquinhos Gabriel e seu reserva imediato, Geuvânio. Por outro lado, contratou Joel e Paulinho, que estão sendo testados para atacar e marcar. Assim, a estrutura tática será mantida. A diretoria, porém, não desiste de trazer Robinho e ainda negocia com o ídolo.

O grande motivo de comemoração é a permanência de Lucas Lima, que recusou proposta milionária da China. Sob o escudo de Renato e Thiago Maia, ele dá os passes letais para Gabriel e Ricardo Oliveira. A dor de cabeça do treinador é encontrar um parceiro de zaga de Gustavo Henrique – lesionado, David Braz não tem data para voltar.

Lucas Lima deve deixar o Santos no próximo ano

 

Quem saiu

Laterais: Rafael Galhardo

Atacantes: Stéfano Yuri

Meias: Marquinhos Gabriel e Geuvânio

Quem chegou

Atacantes

Joel

Paulinho

Time-base: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Paulinho, Ricardo Oliveira e Gabriel. Técnico: Dorival Junior

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.