Santos bate o Blooming e fica perto da fase de grupos

O Santos perdeu uma ótima oportunidade de liquidar já no jogo de ida contra o fraco Blooming a classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, o time de Vanderlei Luxemburgo abusou da má pontaria e venceu os bolivianos "apenas" por 1 a 0, em Santa Cruz de la Sierra, ao nível do mar.Com o resultado, o time brasileiro joga pelo empate na volta, marcada para a próxima quarta-feira, na Vila Belmiro. Quem passar desse confronto garante vaga no Grupo 8, ao lado de Gimnasia y Esgrima, da Argentina, Defensor, do Uruguai, e Deportivo Pasto, da Colômbia.Foi um passeio do Santos na Bolívia. Ruim tecnicamente, o Blooming não apresentou nenhuma resistência e só conseguiu intimidar na base da violência. Zé Roberto, o principal alvo dos bolivianos, cansou de sofrer carrinhos por trás, sob os olhos complacentes do árbitro uruguaio Líber Prudente.Superior o tempo todo, o Santos chegou como quis, mas errou muito nas finalizações, sobretudo no primeiro tempo. Foram pelo menos quatro dentro da área; numa delas, Cléber Santana acertou a trave. Ironicamente, o time da Vila conseguiu o gol num lance sem querer. Aos três minutos da etapa final, o lateral-direito Pedro tentou cruzar e acertou o canto direito do estabanado goleiro Salazar. Aos 28, Rodrigo Tabata, que entrou no lugar de Fabiano, foi derrubado na área. Pênalti que Cléber Santana bateu no travessão. Dali em diante, o Santos parou de forçar e se contentou com a vitória simples. Ficha técnica:Blooming 0 x 1 SantosBlooming - Salazar; Ortiz, Jáuregui, De Carlos (Wernly) e German Méndez; Alexandre, Gómez, Cristian Suárez (Diego Suárez) e Vaca; Dimas da Silva e Fierro (Limbert Méndez). Técnico: Álvaro Peña.Santos - Fábio Costa; Pedro, Adaílton, Antônio Carlos e Kléber; Maldonado, Rodrigo Souto, Cléber Santana e Zé Roberto; Rodrigo Tiuí (Rodrigo Tabata) e Fabiano (Marcos Aurélio). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.Gols - Pedro, aos 3 minutos do segundo tempo. Árbitro - Líber Prudente (Uruguai). Cartões amarelos - De Carlos, Pedro, Gomez, Da Silva, Méndez, Adaílton e Wernly. Local - Estádio Ramon Tahuichi Aguilera, em Santa Cruz de la Sierra (Bolívia).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.