Santos bate o Bragantino e reassume liderança do Paulista

O Santos conseguiu nesta quinta-feira um importante resultado para sua caminhada rumo ao bicampeonato paulista. O time da Vila Belmiro foi a Bragança Paulista e bateu o Bragantino por 3 a 2, no péssimo gramado do Estádio Marcelo Stefani.Foi a quarta vitória santista nos quatro jogos disputados no Estadual, o que lhe garante a liderança provisória, com 12 pontos. Corinthians, Noroeste e Palmeiras vêm em seguida, com nove e uma partida a menos.O destaque do jogo foi mais uma vez Cléber Santana, autor de dois gols e artilheiro isolado do campeonato com cinco. O corintiano Christian tem quatro.Para continuar com aproveitamento 100% no Paulista, o Santos teve que superar os inúmeros morrinhos e buracos do gramado. Devido a essa dificuldade, foram poucas as reais oportunidades de gols criadas em todo o jogo. Ganhou quem foi mais eficiente.Aos 14 minutos, na primeira boa jogada, Cléber Santana recebeu de Fabiano e bateu de bico, no ângulo esquerdo do goleiro Felipe. No entanto, uma falha do veterano Antônio Carlos quase pôs tudo a perder. Aos 37, ele recuou mal para Fábio Costa, que teve de dividir com Éverton. Alex Afonso ficou com a sobra e bateu para o gol vazio.Vanderlei Luxemburgo voltou para o segundo tempo com Rodrigo Tiuí no lugar do apagado Jonas. A alteração deu certo: aos 21, o substituto invadiu a área e foi derrubado por Cris. Pênalti que Cléber Santana cobrou com uma bomba indefensável no meio do gol. Cinco minutos depois, Tiuí recebeu de Tabata e tocou na saída de Felipe. O Bragantino ainda diminuiu com Zelão, após bate-rebate na área, mas não teve forças para buscar o empate. No domingo, o time vai a Americana encarar o Rio Branco. O Santos recebe o Guaratinguetá na Vila Belmiro, no mesmo dia.Ficha técnica:Bragantino 2 x 3 SantosBragantino - Felipe; Júlio César, Cris, Zelão (Neizinho) e Tiago Vieira; Moradei, Mário, Adriano (Bill) e Éverton; Alex Afonso e Luís Henrique (Somália). Técnico: Marcelo Veiga.Santos - Fábio Costa; Pedro, Adaílton, Antônio Carlos e Kléber; Maldonado, Rodrigo Souto, Cléber Santana (Rodrigo Tabata) e Zé Roberto; Jonas (Rodrigo Tiuí) e Fabiano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.Gols - Cléber Santana, aos 14, e Alex Afonso, aos 37 minutos do primeiro tempo; Cléber Santana, aos 21, Rodrigo Tiuí, aos 26, e Zelão, aos 28 do segundo. Árbitro - Philippe Lombard. Cartões amarelos - Pedro, Adaílton, Mário, Somália e Rodrigo Souto. Renda - não divulgada. Público - 4.051 pagantes. Local - Estádio Marcelo Stéfani, em Bragança Paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.